Mancini diz para Tevez sair se não estiver contente

O argentino, ex-jogador do Corinthians, Carlitos Tevez se envolveu em mais uma polêmica nos últimos dias. O atacante reclamou publicamente dos métodos de treinamento do técnico do Manchester City, Roberto Mancini. Depois de elogiar o argentino por algumas vezes, o treinador se irritou e falou que, caso não esteja feliz, Carlitos pode deixar o City, sem maiores problemas.

"Não só para Tevez, como para todos os jogadores, é melhor que ele saia se estiver infeliz. É melhor para ele, para o Adebayor e para mim também" disse o técnico, ríspido. "Ele ainda tem quatro anos de contrato aqui, mas se quiser, pode ir para outra equipe", completou.

Em sua declaração, há duas semanas, Carlitos disse que nenhum jogador gostava dos treinamentos em dois períodos que Mancini estava impondo. O treinador, entretanto, negou o problema. "Treinamos quatro vezes em dois períodos nos últimos cinco meses. Em duas delas, Tevez estava na Argentina e em outra, não treinou. Não sei o porquê das reclamações e da infelicidade dele", afirmou Mancini.

Mesmo depois das alfinetadas, o treinador afirmou que não tem problemas de relacionamento com o argentino. "Eu conversei com ele em particular e não acho que haja um problema. Não preciso falar para vocês o que foi dito, mas o lembrei que ele só treinou em dois períodos uma vez", disse. Ao ser perguntado se Carlitos havia pedido desculpas, o italiano falou: "Não preciso que ele peça perdão. Eu joguei futebol e sei como é a cabeça do jogador. Acredito que ele esteja feliz, pois vem trabalhando muito forte nas últimas duas semanas".

Para Mancini, Tevez está focado nas três últimas partidas do City no Campeonato Inglês. "Eu não acho que ele esteja chateado. Ele deve estar contente. Temos três jogos muito importantes por jogar ainda. É um momento crucial e o jogador tem que deixar tudo no campo", garantiu o treinador. Quem conhece o rapaz de Fuerte Apache sabe que isto não é problema para o argentino.

Mais lidas nesse momento