Taison celebra nova convocação de Tite: "Concorrência é boa"

Atacante do Shakhtar Donetsk foi chamado pelo técnico para os amistosos da Seleção contra Argentina e Austrália em junho

Convocado mais uma vez pelo técnico Tite na manhã desta sexta-feira, Taison comemorou a nova chance de defender a Seleção Brasileira. O atacante do Shakhtar Donetsk foi chamado para integrar o grupo de 24 jogadores que disputarão os amistosos contra Argentina e Austrália nos dias 9 e 13 de junho, respectivamente, na cidade australiana de Melbourne.

– É importante receber mais uma oportunidade. A Seleção tem grandes jogadores disputando uma vaga e a concorrência é boa. Vou seguir trabalhando para sempre estar na lista – afirma Taison, via assessoria de imprensa.
 
Em grande fase no Shakhtar, clube pelo qual acabou de ser campeão ucraniano pelo terceiro ano seguido e da Copa do Ucrânia pela segundo, o atacante disse em entrevista recente ao GloboEsporte.com que sonha em disputar a Copa 2018. O atacante de 27 anos tem contrato até o final do ano e estuda propostas de outros times europeus.


A estreia de Taison na Seleção foi em agosto do ano passado, quando figurou na primeira lista de Tite como técnico do Brasil. O país estava em sexto lugar nas Eliminatórias para a Copa da Rússia e iniciaria naquele momento a trajetória de oito vitórias consecutivas que garantiriam de forma antecipada a vaga brasileira no Mundial.


O ex-atacante do Inter, porém, teve poucas chances. Ficou no banco contra Equador e entrou apenas aos 40 minutos do segundo tempo na partida seguinte, contra a Colômbia, no lugar de Gabriel Jesus.


No fim de setembro, com o corte de Douglas Costa, lesionado, Taison foi chamado de novo. Figurou mais uma vez no banco de reservas contra a Bolívia. Diante da Venezuela, substituiu Willian aos 44 minutos da etapa final.

Mais lidas nesse momento