Bruno Schmidt busca bicampeonato em Natal ao lado de norte-americano

Os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt (ES/DF) foram os vencedores da última etapa do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia realizada em Natal (RN). Nesta semana, quando a capital potiguar novamente recebe uma parada da principal competição nacional, apenas um deles poderá defender a coroa. Com stress muscular que poderia causar lesões mais graves, Alison será poupado e o norte-americano Jeremy será parceiro de Bruno.

Foto: Divulgação/ CBV
Foto: Divulgação/ CBV

Os jogos acontecem de quarta-feira (18.10) a domingo (22.10), com entrada franca à torcida na arena montada na Praia do Forte, em Natal (RN). As partidas da quadra central terão transmissão ao vivo pela página da Confederação Brasileira de Voleibol  (CBV) no Facebook, a partir de quinta-feira. As finais dos dois naipes terão exibição exclusiva pelos canais SporTV, no sábado de noite e domingo pela manhã.

Na etapa passada, ao lado de Harley, Jeremy terminou na nona colocação, enquanto Alison/Bruno ficou em quinto lugar. O norte-americano é casado com a jogadora Maria Clara, com quem tem um filho, e fala português. Apesar de lamentar o problema físico do parceiro, Bruno Schmidt demonstrou empolgação de Jeremy para a etapa.

“O Jeremy chegou aqui em Vila Velha para treinar nesta semana e ele está com uma disposição incrível, um atleta que explode energia, muito motivado. E possui uma mente aberta, pede que eu comente coisas que ele pode ajustar, detalhes no bloqueio. É fácil notar que ele está com ‘fome’ de voleibol”, disse Bruno, que completou.

“Claro que não ter o Alison ao lado é uma pena, ele teve essa situação de segurar esse final do ano por conta do stress muscular que ele vem passando, foi diagnosticado. É chato e quero que ele se recupere, mas quando chega um atleta tão motivado, ajuda a esquecer dessa situação. Ele está me transmitindo muita motivação, especialmente em final de ano, onde estamos mais desgastados”, analisou o campeão olímpico.

Campeão na última etapa realizada na cidade, em fevereiro de 2016, Bruno Schmidt diz que o objetivo agora é atuar sem pressão, já que a parceria é temporária.

“A expectativa é dar o melhor dentro de quadra, sem cobranças ou pressões por resultados. Temos essa desvantagem de termos que buscar um entrosamento rápido, não entramos como favorito. E quem sabe usar isso até ao nosso favor, atuar mais leve. Mas vamos tentar apresentar um bom voleibol e nos divertirmos”, disse Bruno Schmidt.

O Circuito Brasileiro passou de 16 para 24 times na fase de grupos nesta temporada, em ambos os gêneros. A definição das duplas acontece de duas maneiras. Os primeiros 16 times mais bem colocados no ranking nacional entram direto na fase principal, enquanto as outras oito duplas saem do classificatório, que ocorre na quarta (feminino) e quinta-feira (masculino).

O classificatório conta com até 32 times que disputam partidas eliminatórias diretas, com os últimos oito ‘sobreviventes’ finais avançando para a fase de grupos.

As 24 duplas disputam a fase de grupos em seis grupos de quatro times. Os primeiros e segundos colocados de cada chave, além dos quatro melhores terceiros, vão para as oitavas de final. Desta etapa em diante o torneio segue em formato eliminatório direto até a decisão. A final feminina acontece na noite de sábado (21.10), enquanto a disputa do ouro no torneio masculino fica para a manhã de domingo (22.10).

No torneio masculino, as 16 duplas já garantidas pelo ranking são Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), Pedro Solberg/George (RJ/PB), Vitor Felipe/Guto (PB/RJ), Evandro/André Stein (RJ/ES), Oscar/Thiago (RJ/SC), Jeremy/Bruno Schmidt (RJ/DF), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR), Léo Gomes/Ferramenta (RJ), Ramon Gomes/Fernandão (RJ/ES), Gilmário/Bernardo Lima (PB/CE), Jô/Léo Vieira (PB/DF), Moisés/Bruno (BA/AM), Anderson Melo/Pedro Marins (RJ), Allison/Márcio Gaudie (RJ), Pedro Henrique/Benjamin (PB/MS) e Ricardo/Priddy (BA/EUA).           

Já as 16 duplas femininas classificadas pelo ranking são Larissa/Talita (PA/AL), Ágatha/Duda (PR/SE), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Elize Maia/Taiana (ES/CE), Carol Solberg/Maria Elisa (RJ), Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ), Josi/Lili (SC/ES), Juliana/Carol Horta (CE), Val/Ângela (DF/RJ), Victoria/Tainá (MS/SE), Naiana/Rachel (CE/RJ), Vitoria/Juliana Simões (RJ/PR), Andrezza/Andressa (AM/PB), Izabel/Renata (PA/RJ), Sandressa/Neide (AL) e Luiza Amélia/Semírames (CE/SP).

O Circuito Brasileiro Open 2017/2018 é composto por sete etapas, três delas que ocorrem até o final deste ano. As outras quatro serão realizadas em 2018, com cidades e datas a definir. Além de Campo Grande e Natal (RN), o tour passará por Itapema (SC), de 15 a 19 de novembro.

Mais lidas nesse momento