RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca
publicidade

Brasil encerra participação no Pan em terceiro lugar no quadro geral

27/07/2015 • 07:20

O Brasil encerrou a participação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto em terceiro lugar no quadro geral de medalhas. É a mesma colocação das últimas duas edições do evento, em Guadalajara (2011) e no Rio de Janeiro (2007). Nesta edição do Pan, os brasileiros conquistaram 41 medalhas de ouro, 40 de prata e 60 de bronze, totalizando 141. O Brasil ficou atrás apenas dos Estados Unidos, com 103 medalhas de ouro, 81 de prata e 81 de bronze, e do Canadá (78 de ouro, 69 de prata e 70 de bronze).

A última participação dos brasileiros nos Jogos foi na final do vôlei masculino, disputada com a Argentina. A equipe do Brasil ficou com a prata depois de perder para os argentinos por 3 sets a 2. O primeiro foi vencido pelos adversários por 25 a 23. Nos dois sets seguintes, a equipe brasileira conseguiu reverter o placar, vencendo os argentinos por 25 a 18 e 25 a 19. No quarto set, os argentinos conseguiram empatar o jogo, vencendo por 25 a 23, levando a partida para o tie-break. O quinto e último set foi vencido pela Argentina por 15 a 8.

Entre os destaques dos atletas brasileiros no último dia de competições está o ouro conquistado pela seleção masculina de basquete, após vitória sobre o Canadá, por 86 a 71. No boliche, o Brasil ganhou a primeira uma medalha de ouro, com a vitória de Marcelo Suartz sobre o venezuelano Amleto Monacelli, na final, por 201 a 189.

Outro primeiro lugar no pódio foi conquistado pela seleção masculina de handebol, com vitória sobre a Argentina, na prorrogação, por 29 a 27. A equipe brasileira terminou o primeiro tempo com um placar desfavorável, de 11 a 9 para os argentinos. Ao final do segundo tempo, o placar estava empatado em 24 a 24. Os brasileiros poderiam ter vencido a partida no tempo normal caso tivessem convertido um tiro de 7 metros no último minuto do tempo regulamentar.

No caratê, duas medalhas foram obtidas pelo Brasil na madrugada de hoje. Na categoria até 68 quilos, Natalia Brozulatto ficou com o ouro após vencer a mexicana Xhunashi Caballero por 2 a 0. Na semifinal, ela venceu a venezuelana Omaira Molina por 3 a 1. Na categoria acima de 68 quilos, Isabela dos Santos ficou com a medalha de bronze.

Tênis de mesa

Cinco medalhas foram obtidas por brasileiros no tênis de mesa neste domingo. No individual masculino, o país ocupou todo o pódio, com Hugo Calderano em primeiro lugar, Gustavo Tsuboi em segundo, e Tiago Monteiro em terceiro. No individual feminino, as brasileiras ficaram com as medalhas de prata e bronze, obtidas por Gui Lin e Caroline Kumahara, respectivamente. O ouro ficou com a norte-americana Wu Yue, que venceu Lin por 4 a 3. Com esses resultados, o Brasil conquistou cinco das seis medalhas possíveis na modalidade individual.

Vôlei e esgrima

No vôlei feminino, o Brasil ficou com a medalha de prata após derrota, na final, para a equipe norte-americana, por 3 sets a 0. As parciais foram 22 a 25; 21 a 25 e 26 a 28. Outra prata obtida pelo Brasil foi no florete, uma das modalidades da esgrima. A equipe masculina – formada por Guilherme Toldo, Ghislain Perrier e Fernando Scavasin – perdeu para a dos Estados Unidos pelo placar de 45 a 26. Mais cedo, os brasileiros haviam vencido Porto Rico, nas quartas de final, por 45 a 19. Em seguida, na semifinal, venceram a equipe venezuelana por 42 a 34.

Atletismo

Formada por Gustavo dos Santos, Vitor Hugo dos Santos, Bruno Lins e Aldemir da Silva Junior, a equipe do revezamento 4x100 metros masculino do Brasil conquistou hoje a medalha de prata, com o tempo de 38,68 segundos. Apesar de os canadenses terem cruzado em primeiro lugar a linha de chegada, eles foram desclassificados por terem pisado fora da raia em uma das passadas de bastão. Com isso os Estados Unidos ficaram com o ouro (38,27 segundos). Trinidad e Tobago (38s69) completou o pódio, conquistando a medalha de bronze.

Ainda no atletismo, a brasileira Vanessa Spinola conquistou a medalha de bronze no heptatlo. Ela somou 6.035 pontos. A medalha não garantiu sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, uma vez que são necessários 6,2 mil pontos.

Agência Brasil
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO
* Por favor, digite as duas palavras abaixo no campo indicado.
Esse procedimento garante a autenticidade da sua mensagem, obrigado!

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2015