Sem câncer, Hebe fará apenas exames de rotina

O oncologista Sergio Simon confirmou ontem que o câncer da apresentadora Hebe Camargo entrou em período de remissão. Isso significa que ela não apresenta sinal da doença e não necessita de quimioterapia. "Ela está ótima, bastante bem", afirma o médico. Segundo ele, os exames de sangue da apresentadora estão normais. "Agora, ela vai fazer acompanhamento com exames periódicos, como tomografias, todo mês."

Hebe estava em tratamento desde janeiro por causa de um câncer no peritônio, membrana que reveste os órgãos do abdome. Ontem, em nota divulgada pelo empresário e sobrinho da apresentadora, Claudio Pessutti, Hebe afirmou "nunca vi a vida com tanta alegria".

A doença de Hebe foi descoberta no início do ano, em exames de rotina. Ela passou 12 dias no Hospital Albert Einstein. No início, a previsão era de que o tratamento duraria cinco meses, com sessões de quimioterapia a cada três semanas. Em entrevista a Carlos Nascimento, no telejornal SBT Brasil, a primeira após descobrir a doença, Hebe disse que percebeu algo errado em uma viagem a Miami. "Achei que estava gorda ou grávida. Ia nascer o ''Peritônio Camargo''", brincou. Na volta a seu programa no SBT, em 8 de março, ela contou que ficou triste no início do tratamento. "Fiquei deprimida, mas logo passou." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais lidas nesse momento