Investidores de filme pedem restituição de US$ 1 milhão a Paris Hilton

A atriz Paris Hilton em cena de
A atriz Paris Hilton em cena de "Pledge This!" (2006)

Paris Hilton deve devolver o US$ 1 milhão que recebeu em 2006 para divulgar o filme “Pledge This!”, que foi um fracasso de bilheteria, por não tê-lo divulgado corretamente, disse um advogado dos investidores do filme a um juiz federal na quinta-feira.

A herdeira de 29 anos, atriz e empresária recusou nove pedidos para fotos e entrevistas, que estavam no contrato, disse o advogado dos investidores Bryan West.

“Nós pagamos a ela US$ 1 milhão, e queremos ter pelo menos um pouco deste dinheiro de volta. E parte do trabalho dos atores é promover seus filmes”, falou West ao juiz federal Federico Moreno.

Mas o advogado de Hilton, Michael Weinsten, disse que ela participou de diversos eventos grandes de publicidade, inclusive uma aparição no Festival de Cinema de Cannes, e que o contrato não exigia que ela desse entrevistas quando estava ocupada com outros projetos.

Weinsten disse também que Hilton tinha o direito de aprovar ou rejeitar qualquer proposta e oferta.

“Paris Hilton é uma marca. Este é o seu valor, e como ela faz dinheiro. Ela divulgou uma quantidade substancial”, disse o advogado.

Hilton, que testemunhou no último verão em um julgamento sobre o caso, não participou da audiência desta quinta-feira. Ela disse anteriormente que apesar de insatisfeita com o resultado de “Pledge This!”, ela quis que o filme fosse bem sucedido e trabalhou forte para que isso acontecesse. Ainda assim, o filme fez somente US$ 2,9 milhões.

Moreno rejeitou anteriormente a ideia dos investidores de processar Hilton por US$ 8,3 milhões pelos danos, o que incluía o US$ 1 milhão que ela havia recebido por sua atuação como produtora executiva. Mas ele deixou em aberto a possibilidade de ela ter que devolver parte ou todo o valor como uma restituição, se ela não cumpriu todas as suas obrigações públicas.

Moreno não disse quando dará o veredicto. O caso está centrado em determinar o valor das aparições de Hilton, contra o custo daquelas que rejeitou que incluem uma aparição no programa da NBC “Tonight Show” e diversas conversas por telefone com publicações britânicas.

“A questão é, qual é o valor do que ela fez? Pois ela fez algo. Como vou quantificar isto?”, falou Moreno.

Os dois lados reconhecem a capacidade de Hilton de ajudar um produto. O advogado Michael Goldberg disse na quinta-feira que as vendas do DVD de “Pledge This!” aumentaram no último verão com a publicidade em torno do julgamento, entretanto ele não passou números exatos das vendas.

Mais lidas nesse momento