RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

De Fátima Bernardes a Fatinha: o desafio de entreter o público

01/07/2012 • 00:21
A difícil primeira semana da ex-âncora do 'Jornal Nacional' nas manhãs da Globo mostra a distância que separa o jornalismo do entretenimento



Fátima Bernardes é outra pessoa desde que transferiu para Patricia Poeta, em dezembro, a fução de âncora do Jornal Nacional - que desempenhou por 14 anos. A jornalista séria que desejava boa noite ao telespectador ao lado do marido engravatado deu lugar à apresentadora Fatinha, como a chamou no ar a colega de emissora Sandra Annenberg, com fofura calculada, no dia seguinte à estreia de Encontro com Fátima Bernardes. A transformação no perfil da mulher de William Bonner é imposta pelo novo rumo que ela deu à carreira: a transferência do jornalismo para o entretenimento, um caminho que, como prova a audiência periclitante da sua primeira semana na faixa matinal da Globo, nem sempre é fácil de ser percorrido. Especialistas ouvidos pelo site de VEJA alertam para uma série de cuidados que devem ser tomados por jornalistas que queiram fazer o mesmo percurso – cuidados que a Globo deve intensificar com Fátima nas próximas semanas.

As duas funções parecem próximas. Mas a postura corporal, a entonação da voz e o visual têm de mudar radicalmente no momento em que um jornalista vira apresentador. Que o diga Pedro Bial, um dos mais bem sucedidos nessa transformação. Bial usa, há mais de dez anos, sua bagagem como repórter, que inclui a cobertura da Guerra do Golfo em 1991, para mediar conflitos no Big Brother Brasil. Saiu-se tão bem que desbancou até a comediante Marisa Orth – os dois começaram apresentando juntos o BBB em 2002, mas a atriz acabou dispensada da missão.

Ou que o diga, como exemplo pelo avesso, o travado Britto Jr., simulacro de Bial na Record, onde comanda o reality show A Fazenda. Duro, com dificuldade para improvisar ao vivo, Britto Jr. não diverte nem entretém. Melhor do que ele se saem Astrid Fontenelle, à frente de Chegadas e Partidas, do GNT, e até – quando levado em consideração o contexto, é claro – Sonia Abrão, do sangrento A Tarde É Sua, da RedeTV!, e o estridente José Luiz Datena, que assumiu, recentemente, sua porção showman à frente do game-show Quem Fica em Pé?, na Band.

Para ganhar um ar descontraído e estabelecer maior intimidade com o público, "Ótima Bernardes", como costumava ser chamada nas sátiras do Casseta & Planeta, já tem um novo guarda-roupas - e novos cuidados de estética. Ela agora usa vestidos fluídos, cílios postiços, cabelos com discretas mechas em tom de mel e muitos, muitos sorrisos.

Fátima migrou de vez para o mundo do entretenimento - como prova o seu novo contrato com a TV Globo. Funcionária da Central Globo de Jornalismo antes de estrear seu programa matinal, ela passou a fazer parte da Central Globo de Produções. Mais do que mero detalhe, isso significa que Fátima agora pode protagonizar ações de merchandising, proibidas para a turma do jornalismo para não atrelar a credibilidade dos profissionais a produtos e serviços de anunciantes.

Nesta primeira semana, Fátima ainda não atuou como garota-propaganda, pelo menos de forma explícita. O esmalte e o batom que usou na sua estreia, porém, já viraram objetos de desejo entre o público feminino. “Muita gente me liga para saber a marca das coisas que ela usa”, diz o maquiador Ton Reis, responsável pelo visual de Fatinha no ar.

Veja Online
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014