Chávez convida Evo Morales e Fidel para entrar no Twitter

O presidente venzuelano Hugo Chávez (esq.) convidou o colega da Bolívia, Evo Morales, a entrar no Twitter  Foto: EFE
O presidente venzuelano Hugo Chávez (esq.) convidou o colega da Bolívia, Evo Morales, a entrar no Twitter


Entusiasmado com a grande repercussão que teve a sua entrada no Twitter, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, convidou "todos os revolucionários" a utilizarem a rede social para a "batalha ideológica", informa o jornal espanhol El País nesta sexta-feira. Chávez entrou no Twitter na terça-feira. Em apenas três dias, a conta @chavezcandanga já possui mais de 122 mil seguidores.

"Evo, te convido; Fidel, te convido para que ingressemos nestas redes a postar mensagens e a recebê-las também. Vamos à batalha ideológica em todos os espaços; revolução em todos os espaços", disse Chávez, durante encontro com o presidente boliviano, Evo Morales, que está em visita oficial à Venezuela.

Até o momento, Chávez realizou apenas duas postagens, mas já recebeu milhares de respostas de outros usuários da rede social, incluindo mensagens que o condenam por utilizar uma ferramenta "capitalista". "Alguém disse que Chávez é capitalista por usar esta arma. Isto não é capitalista nem socialista, depende do uso que se dê", afirmou o venezuelano, que há apenas dois meses chegou a qualificar o Twitter como "instrumento do terrorismo".

Mais lidas nesse momento