RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Mortos em tragédias naturais na Indonésia chegam a 375

28/10/2010 • 06:40
Tsunami e vulcão também deixaram centenas de desaparecidos no país asiático

Adek Berry/28.10.2010/AFPAdek Berry/28.10.2010/AFP

População observa enterro de vítimas de vulcão na cidade de Sidorejo, perto do monte Merapi, na Indonésia, nesta quinta



O balanço de mortos no tsunami que arrasou várias ilhas da Indonésia na última segunda-feira (25) voltou a subir e chegou a 343 nesta quinta-feira (28), enquanto equipes de ajuda finalmente começam a desembarcar nas áreas afetadas.

 

Em outra localidade do país, perto da ilha de Java, as autoridades também contabilizam as vítimas da erupção do vulcão Merapi, que deixou 32 mortos e cerca de cem feridos.

O material de socorro e ajuda começou a chegar às zonas mais afetadas das ilhas Mentawai, três dias depois do terremoto seguido por tsunami que abalou a costa oeste do arquipélago. As esperanças de encontrar sobreviventes entre os cerca de 300  desaparecidos, no entanto, são cada vez menores.

Um navio com alimentos, água e remédios chegou nesta quinta-feira a Sikakap, na ilha de Pagai do Norte, onde a falta de estradas em bom estado e os problemas de comunicação prejudicam muito as tarefas de emergência.

De acordo com o último balanço, cerca de 4.000 cidadãos perderam suas casas, destruídas por ondas de até 6 m que avançaram cerca de 600 m sobre a costa nas ilhas Mentawai, situadas próximo ao litoral de Sumatra. 

Já a erupção do vulcão Merapi, na região central da ilha de Java, forçou a retirada de 42 mil pessoas, colocadas temporariamente em abrigos de emergência fora da zona de perigo, que compreende um círculo de até 20 km de diâmetro ao redor do monte.

Sistemas de alarme inoperantes 

A Agência de Meteorologia e Geofísica da Indonésia reconheceu que os sistemas de alarme de tsunami deixaram de funcionar há um mês devido à falta de manutenção. 

As autoridades, no entanto, indicaram que o alerta teria sido inútil, pois as ilhas - um destino turístico para surfistas - estavam muito perto do epicentro do terremoto. Por esse motivo, as ondas levaram apenas de cinco a dez minutos para atingir a costa. 

A falha onde aconteceu o terremoto é a mesma que, em 26 de dezembro de 2004, causou o tremor de 9,1 graus na escala Richter, seguido de um tsunami, que destruiu localidades litorâneas e matou 226 mil pessoas.

 

Círculo de Fogo do Pacífico 

A Indonésia está localizada sobre o chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida por cerca de 7.000 tremores por ano, a maioria de baixa magnitude e não sentida pela população.

Indonésia sofre com vulcão, terremoto e tsunami

  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014