RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Pastor é preso no Distrito Federal suspeito de pedofilia

05/01/2012 • 10:44
Um pastor da igreja Batista Pentecostal Jeová Jireh, em Vicente Pires, foi preso no início da manhã desta quinta-feira (5) por suspeita de pedofilia. O homem foi levado da casa dele, no Guará, por policiais civis. A Divisão de Comunicação da Polícia Civil do Distrito Federal confirmou que a prisão foi realizada às 6h desta quinta.

O delegado-adjunto da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Rogério Cunha, dará entrevista coletiva nesta tarde para explicar o caso.

O advogado do pastor, Ivan Bonfim, disse que tudo não passou de um mal entendido e que teria provas de que não houve abuso sexual. “Ele alega que nunca esteve sozinho com a criança. Sempre tinham adultos presentes no momento que ele estava na companhia da criança”, afirma.

De acordo com a Polícia Civil, a denúncia foi feita pela mãe de um menino de oito anos que teria sido vítima do pastor. O pastor também seria alvo de inquérito que envolve de outro menino, este com 11 anos, primo da vítima mais nova.

A família dos meninos é frequentadora da igreja. Os garotos já foram ouvidos pela polícia, que investigava o caso há seis meses.

Padre suspeito
No dia 30 de dezembro, um padre da Igreja São Francisco de Assis foi preso preventivamente suspeito de abusar sexualmente de seis crianças da comunidade rural do Tororó, no Jardim Botânico. As vítimas seriam quatro meninas e um menino da mesma família, além de mais uma menina vizinha a esses irmãos.

O padre negou à polícia que tenha cometido os crimes e calou-se diante dos questionamentos da imprensa. A assessoria de imprensa da Arquidiocese de Brasília informou que não vai se pronunciar, mas que os advogados da entidade estão acompanhando o caso.

Abusto no Pedregal
Um homem é suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 9 anos na noite desta quarta-feira (4), no Novo Gama (GO). O suspeito é vizinho da criança e mora na quadra 13 do bairro Pedregal.

A irmã da vítima teria presenciado a situação e ligou para a polícia, que prendeu o homem em flagrante. A PM acredita que os abusos já teriam acontecido outras vezes e informou que o criminoso dava presentes para a garota. Ele foi levado para a delegacia de Céu Azul, no Entorno do DF.


Fonte: G1 DF
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014