Vítimas do ônibus que caiu no Rio São Francisco são encontradas em SE

Os corpos das três vítimas que estavam no ônibus que caiu no Rio São Francisco, na cidade de Propriá (SE), a 98 km de Aracaju, no final da tarde desta segunda-feira (04), foram encontrados pelos mergulhadores do Corpo de Bombeiros, que retomaras as buscas no início da manhã desta terça-feira (05).

Foram encontrados os corpos de um menino de 11 anos, o da jovem de 20 anos e de um idoso, de aproximadamente 60 anos. De acordo com o sargento Lopes, os corpos estavam a 50 metros do local do acidente. "Estamos aguardando a chegada de uma equipe do Instituto Médico Legal de Aracaju, que irá recolher os corpos das vítimas, bem como de um guincho para podermos retirar o veículo do fundo do rio", disse.

O motorista do coletivo, de 60 anos, e uma mulher, que seria mãe do garoto e tia da jovem, conseguiram sair do veículo antes que ele afundasse completamente. Eles foram resgatados por populares que presenciaram o acidente, que ocorreu por volta das 16h30, e imediatamente pegaram canoas para se aproximar do veículo.

Segundo o comerciante, Arnaldo Santos, que ajudou no resgate, os pedidos para que os passageiros pulassem do ônibus não foram atendidos.

“Nós conseguimos pegar a senhora e o motorista e ficamos gritando pedindo que o menino e a jovem também pulassem, mas eles não pularam. Se eles tivessem atendido ao nosso pedido, tínhamos conseguido salvar todos os passageiros com a canoa”, disse.

O ônibus transportava feirantes do município de Aquidabã, com destino ao Povoado São Miguel, em Propriá, quando o acidente aconteceu ao chegar ao atracadouro às margens do rio.

Segundo testemunhas, o motorista estava realizando uma manobra para retornar quando houve uma falha nos freios e ele perdeu o controle do veículo, que caiu na água e foi arrastado rapidamente pela correnteza.

Buscas
O Corpo de Bombeiros foi acionado e as buscas foram iniciadas no início da noite de ontem. Os três mergulhadores, coordenados pelo tenente Márcio Caldas, tiveram dificuldades para localizar o ônibus devido à escuridão. No entanto, após muito trabalho o veículo foi encontrado e os mergulhadores amarraram cordas, fazendo uma espécie de ‘cabo guia’.

“Essa foi a primeira etapa do procedimento, ou seja, definir a localização do veículo, para então prosseguirmos para a segunda fase, que foi a de varredura no interior do mesmo, para tentarmos resgatar as vítimas”, disse o tenente.

As buscas foram interrompidas por volta das 21h30. O motorista foi conduzido até a Delegacia Regional, onde prestou depoimento. De acordo com o delegado Fábio Santana, ele relatou que os freios do coletivo travaram e o pneu acabou estourando.

“Com isso, ele perdeu o controle do ônibus que acabou derrapando e caindo no rio na localidade chamada de ‘prainha’. Apesar de não apresentar sinais de embriaguez, é nosso procedimento encaminhar o condutor para o posto da Polícia Rodoviária Federal, para realizar o teste do etilômetro. O resultado será encaminhado pela PRF para nossa delegacia”, informou.

Fonte: G1

Mais lidas nesse momento