Google paga US$ 22,5 mi por violar privacidade de usuários da Apple

O Google concordou nesta quinta-feira em pagar US$ 22,5 milhões para pôr fim a um caso que investigava se a companhia havia violado a configuração de privacidade dos usuários do navegador Safari, da Apple, informou a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês).

O acordo põe fim a uma investigação da FTC sobre o suposto uso por parte do Google dos cookies para se aproveitar da informação gerada pelo navegador da Apple em iPhones e iPads de usuários que haviam optado por não serem rastreados.

A prática violava o acordo negociado entre o Google e o órgão americano em 2011 sobre o lançamento da rede social Google Buzz, descontinuada no ano passado.

TERRA

Mais lidas nesse momento