Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Projeto do Governo Federal está abandonado no Grande Dirceu

11/01/2012 • 12:18

Por Jailson Rodrigues
Fotos: Jailson Rodrigues



Em junho de 2006, o Governo do Piauí realizou uma grande solenidade para inaugurar o Projeto Casa Brasil, uma iniciativa do Governo Federal que tinha como objetivo principal levar inclusão digital, cidadania, cultura e lazer para os moradores do Grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina. Só que hoje, cinco anos após a inauguração o projeto está praticamente abandonado pelo Governo do Piauí, já que há mais de um ano não está oferecendo cursos para a população. 



No projeto o local deveria ser dotado de uma biblioteca, caixas eletrônicos, laboratório para cursos de informática e uma Lan House, só que apenas o laboratório e a Lan House foram colocados em funcionamento. O projeto Casa Brasil também foi criado para reunir esforços de diversos ministérios, órgãos públicos, bancos e empresas estatais, como Petrobras, Instituto Nacional de Tecnologia e Informação (ITI), Rede de Informação do Terceiro Setor (RITS. 

A cada seis meses o projeto deveria capacitar 480 jovens e adultos no curso de informática, já a Lan House quando funcionava atendia diariamente cerca de 60 jovens. Em 2009 O Portal AZ já havia denunciado o descaso no local, só que de lá para cá em vez de melhorar a situação do projeto piorou, já que o local também passou cerca de um ano sem coordenador. 



O líder comunitário Scheyvan Lima conta que os moradores temem que o local volte a ser uma área dominada por usuários de drogas e ladrões, como era antigamente antes da chegada da Casa Brasil, e que eles já preparam um manifesto contra o governo para que ele possa dar uma solução ao problema. “O Casa Brasil é de uma grande importância para a região, e a sua chegada gerou uma grande expectativa nos moradores, por isso não podemos aceitar que o governo ignore este brilhante trabalho”, disse. 

José Francisco foi indicado como coordenador da casa na semana passada, ele afirma que ainda neste mês o curso básico de informática voltará a ser oferecido para a população, a dia certo não foi previsto, mais ele garantiu que serão formadas quatro turmas, cada uma com 15 alunos. “Já estamos providenciando as fichas de cadastro, pois o retorno do projeto é uma exigência do governo”, conta. 



Para se ter uma idéia do abandono do local, o mato já tomou de conta de todo o terreno em volta do prédio, e cinco computadores estão inutilizados por falta de manutenção. Apesar da falta de investimento e da suspensão dos cursos, o coordenador garante não existe abandono, pois no local também funciona o serviço de expedição de identidade da Secretaria de Segurança Pública.

  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014