RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Caso Décio: ‘Um moleque travestido de secretário’, critica deputado

26/06/2012 • 12:13
Atualizada às 13h40

Em sessão, realizada nesta terça-feira (26), na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual Raimundo Cutrim (PSD) falou sobre as suspeitas de envolvimento com a quadrilha que executou o jornalista e blogueiro Décio Sá. O possível envolvimento partiu da divulgação na internet do depoimento de Jhonatan Silva, suspeito de ter assassinado o jornalista, no qual um Cutrim é citado.

Durante o pronunciamento, o deputado criticou o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, e chegou a chamá-lo de moleque. “Não aceito o que esse moleque travestido de secretário quer fazer comigo, isso é uma falta de respeito”, argumentou Raimundo Cutrim.

O deputado disse, ainda, ter encaminhado ofício para a Comissão de Investigadores, se colocando à disposição para esclarecimentos.

Coletiva

O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, convocou uma coletiva para esta terça-feira (26), às 15h. Para falar sobre o posicionamento da casa a respeito do andamento das investigações sobre a morte de Décio Sá.

Fonte: Imirante.com

Caso Décio: deputado chama secretário de moleque e suspeito de ‘papagaio'

Por Anselmo Moura


O deputado e ex-secretário de Segurança do Maranhão, Raimundo Cutrim (PSD – MA) usou a tribunal da Assembleia Legislativa daquele estado para rebater as acusações de que estaria envolvido no assassinato do jornalista Décio Sá. De acordo com o Blog do Luís Cardoso, em pronunciamento nesta terça-feira (25), o parlamentar teria chamado o atual secretário de Segurança, Aluísio Mendes, de moleque e dito que o acusado de cometer o crime, Jhonatan de Sousa Silva, é um “papagaio mandado”.

Veja a matéria publicada no Blog do Luís Cardoso:

Cutrim chama Aluísio de “moleque” e Jhonatan de “papagaio ensaiado”
“Isto não é um secretário. É um moleque que não serve nem para jardineiro”, assim reagiu o deputado Raimundo Cutrim, da tribuna da Assembleia Legislativa se referindo ao secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes.

O parlamentar fez uma análise dos principais trechos do depoimento do assassinato de Décio Sá, em que ele é citado pelo bandido como mandante do crime. Para o deputado, o depoimento foi ensaiado e apontou uma série de contradições do matador do jornalista.

Cutrim leu da tribuna um pedido seu para o delegado que preside o inquérito da morte do jornalista em que se coloca à inteira disposição.
  • Comentários

  • Facebook

claudio marabá

postado:
27/06/2012 - 09:00
Maranhão é terra sem lei....
Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014