Açougue Público de Picos será transferido para o Mercado do Produtor

A expectativa da administração municipal é que uma parte do Mercado do Produtor seja entregue ainda este ano

A obra do novo Açougue Público Municipal de Picos está a todo vapor e a previsão de inauguração é para o início de 2018. O açougue municipal atualmente funciona no coração da cidade, na Avenida Getúlio Vargas, mas num futuro bem próximo passará a funcionar nas proximidades do Supermercado Carvalho, no Mercado do Produtor, no bairro Boa Sorte.

Construção do Mercado do Produtor de Picos (Foto: Wesley Gonçalves)
Construção do Mercado do Produtor de Picos (Foto: Wesley Gonçalves)

Segundo Iata Rodrigues, secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Picos, as obras estão adiantadas. “As obras estão bem adiantadas, a Múltipla Construtora está realizando o processo de construção. A gente tem uma programação inicial para conclusão das obras, são cinco blocos que estão sendo construídos naquela área, no Mercado do Produtor”, explica.

Segundo o secretário, os blocos serão divididos e haverá local específico para venda de carnes, cereais, restaurantes, entre outros, além de um espaço planejado para a feira livre, visando gerar um alto fluxo de pessoas e movimentar a economia da cidade.

Os comerciantes que trabalham no atual açougue serão beneficiados com um boxe no novo prédio. Serão ofertados 68 boxes, com câmaras frias, balcões com granitos, pias para cada boxe num espaço planejado para as atividades.

A expectativa da administração municipal é que uma parte do Mercado do Produtor seja entregue ainda este ano. “A ideia inicial é dezembro, que possamos inaugurar o primeiro bloco, que é o das carnes, que irá também receber a feira do peixe”, esclarece.

Especulação sobre o antigo prédio do açougue

Diante da mudança, surgem no cenário urbano especulações sobre o destino do prédio onde atualmente funciona o açougue municipal, na Avenida Getúlio Vargas. Uma das informações extraoficiais é de que no espaço sejam alocadas as secretarias e órgãos que atualmente funcionam no Centro Administrativo, que atualmente funcionam em um prédio cedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

“O prefeito Padre Walmir, já ouviu várias sugestões, ali pode ser o novo prédio do Centro Administrativo da cidade, pode ser demolido e construído novamente”, revela Iata.

Mas, ainda conforme o secretário, outra possibilidade é que o prédio possa ser leiloado ou vendido. O dinheiro arrecado seria utilizado na construção de um novo Centro Administrativo.