1. Editorias
  2. Polícia
  3. Um mês depois de polêmica, Italo John reaparece nas redes sociais e pede perdão à motorista de aplicativo
Publicidade

Um mês depois de polêmica, Italo John reaparece nas redes sociais e pede perdão à motorista de aplicativo

O apresentador pede desculpas as mulheres, sua família e a direção da TV Meio Norte

“Já pedi pessoalmente e estou aqui em público pedindo perdão à motorista por qualquer atitude que possa ter constrangido. Também peço perdão a Deus”, diz Italo John, pela primeira vez, depois da polêmica envolvendo uma motorista de aplicativo de transporte. 

Italo John fala sobre acusações em seu perfil no Instagram

Italo John é acusado de importunação sexual por ter praticado suposto assédio contra uma motorista de aplicativo. O fato aconteceu no dia 25 de março em Teresina e foi revelado em primeira mão pelo Portal AZ.

No início da madrugada deste sábado (04), Italo John publicou em sua conta no Instagram quatro vídeos onde desabafa e explica sua versão sobre acusação de assédio sexual. O apresentador pede perdão à motorista, para as mulheres, sua família e à direção da TV Meio Norte.  

Italo começa o vídeo falando o quanto é brincalhão e que durante um tempo preferiu se reservar e não falar nada sobre o assunto. 

“Eu estava em um momento meu de lazer, de folga, eu estava em uma festa, daí eu fui namorar. Eu pedi que uma amiga chamasse um motorista de aplicativo e ela chamou. No percurso, eu acho que pelo meu jeito brincalhão de ser, até um jeito expansivo, eu devo ter feito ou falado algo que possa ter incomodado a motorista. Jamais seria essa minha intenção, pelo contrário, quem conhece a minha índole sabe o quanto eu sou brincalhão, de maneira alguma eu tenho a intenção de ofendê-la, seja o que for. Se a motorista achou que esse comportamento, segundo o que ela falou, jamais seria minha intenção gente. Não é da minha índole”, explica. 

Italo John é apresentador da TV Meio Norte (Foto: reprodução Facebook)

Italo ainda explica que já pediu perdão pessoalmente para a motorista de aplicativo e agora pede as desculpas em público. 

“Peço perdão do fundo do meu coração, Deus sabe o quanto eu estou arrependido por qualquer atitude ou comportamento que não foi legal, perdão, desculpas. Eu sou um ser humano e nós somos sujeitos aos erros e cabe a nós aprendermos ou não com eles. Quero mais uma vez, falar pra vocês, perdão. E agradecer o carinho de todos vocês pela as mensagens a quem esteve do meu lado. Quem nunca errou, que atire a primeira pedra, errar é humano, permanecer no erro não é correto e eu estou disposto a mudar”, finaliza.

Suspensão da TV

Com a imensa repercussão sobre o caso, a direção da TV Meio Norte puniu Italo John e o apresentador foi afastado de suas atividades por 30 dias. Um mês já se passou e até o momento Italo não retornou à programação da emissora. A expectativa agora é que depois desse pedido de desculpas em público, Italo retorne a programação da TV Meio Norte. Ainda não existe uma data, mas seu retorno deve acontecer em breve. 

Ítalo John durante depoimento na Delegacia da Mulher (Foto: reprodução Portal AZ)

Entenda o caso

A vítima, que prefere não ter a identidade revelada, explica que tudo começou depois de uma solicitação de corrida por volta das 05h de segunda-feira (25/03). O pedido foi realizado por uma suposta amiga de Italo. A motorista foi acionada para ir até o Posto Yellow, localizado na Avenida João XXIII, zona Leste de Teresina, onde se encontravam Italo John e um rapaz.

Boletim de Ocorrências registrado no dia 25 de março 

“Ele estava muito alegre e eu também muito simpática. Quando chegou na metade do caminho, ele [Italo] olhou pra mim e já pegou nos meus seios. Disse que eu tinha os seios grandes. Eu tomei aquele susto e fiquei na retaguarda. Queira ou não, era dois homens aparentemente”, explica a vítima.

Ainda de acordo com a motorista, o endereço que o apresentador colocou no início da viagem era para o bairro Promorar, zona Sul de Teresina. Depois ele mudou a rota e pediu para ser levado até o motel Pousada dos Ipês, junto com o outro rapaz que estava no banco traseiro.

Ao chegar no motel, o apresentador Italo John ficou buzinando para entrar no local, a motorista relata que tirou a mão do apresentador da buzina, mas quase batia o veículo já que o local era muito estreito. A motorista entrou no motel e finalizou a corrida que totalizou R$ 10,34, mas o apresentador havia perguntado se R$ 10,00 pagava a viagem e a vítima, já nervosa, querendo sair do local, respondeu que sim.

A motorista relata ao Portal AZ que não conhecia o apresentador, já que ela veio de São Paulo para trabalhar como motorista de aplicativo em Teresina há pouco tempo. Ela conta ainda que foi até à Delegacia da Mulher, em companhia do presidente da Associação de Motoristas de Aplicativos de Teresina, para registrar um Boletim de Ocorrências contra o apresentador Italo John.

Matérias relacionadas:
Motorista de aplicativo denuncia apresentador de TV por assédio durante corrida para motel
Apresentador Italo John é intimado por denúncia de importunação sexual
MN dá 30 dias de punição ao apresentador acusado de assédio a uma motorista de aplicativo
Motoristas de aplicativo fazem protesto durante depoimento de Italo John na Delegacia da Mulher

“Já pedi pessoalmente e estou aqui em público pedindo perdão à motorista por qualquer atitude que possa ter constrangido. Também peço perdão a Deus”, diz Italo John, pela primeira vez, depois da polêmica envolvendo uma motorista de aplicativo de transporte. 

Italo John fala sobre acusações em seu perfil no Instagram

Italo John é acusado de importunação sexual por ter praticado suposto assédio contra uma motorista de aplicativo. O fato aconteceu no dia 25 de março em Teresina e foi revelado em primeira mão pelo Portal AZ.

No início da madrugada deste sábado (04), Italo John publicou em sua conta no Instagram quatro vídeos onde desabafa e explica sua versão sobre acusação de assédio sexual. O apresentador pede perdão à motorista, para as mulheres, sua família e à direção da TV Meio Norte.  

Italo começa o vídeo falando o quanto é brincalhão e que durante um tempo preferiu se reservar e não falar nada sobre o assunto. 

“Eu estava em um momento meu de lazer, de folga, eu estava em uma festa, daí eu fui namorar. Eu pedi que uma amiga chamasse um motorista de aplicativo e ela chamou. No percurso, eu acho que pelo meu jeito brincalhão de ser, até um jeito expansivo, eu devo ter feito ou falado algo que possa ter incomodado a motorista. Jamais seria essa minha intenção, pelo contrário, quem conhece a minha índole sabe o quanto eu sou brincalhão, de maneira alguma eu tenho a intenção de ofendê-la, seja o que for. Se a motorista achou que esse comportamento, segundo o que ela falou, jamais seria minha intenção gente. Não é da minha índole”, explica. 

Italo John é apresentador da TV Meio Norte (Foto: reprodução Facebook)

Italo ainda explica que já pediu perdão pessoalmente para a motorista de aplicativo e agora pede as desculpas em público. 

“Peço perdão do fundo do meu coração, Deus sabe o quanto eu estou arrependido por qualquer atitude ou comportamento que não foi legal, perdão, desculpas. Eu sou um ser humano e nós somos sujeitos aos erros e cabe a nós aprendermos ou não com eles. Quero mais uma vez, falar pra vocês, perdão. E agradecer o carinho de todos vocês pela as mensagens a quem esteve do meu lado. Quem nunca errou, que atire a primeira pedra, errar é humano, permanecer no erro não é correto e eu estou disposto a mudar”, finaliza.

Suspensão da TV

Com a imensa repercussão sobre o caso, a direção da TV Meio Norte puniu Italo John e o apresentador foi afastado de suas atividades por 30 dias. Um mês já se passou e até o momento Italo não retornou à programação da emissora. A expectativa agora é que depois desse pedido de desculpas em público, Italo retorne a programação da TV Meio Norte. Ainda não existe uma data, mas seu retorno deve acontecer em breve. 

Ítalo John durante depoimento na Delegacia da Mulher (Foto: reprodução Portal AZ)

Entenda o caso

A vítima, que prefere não ter a identidade revelada, explica que tudo começou depois de uma solicitação de corrida por volta das 05h de segunda-feira (25/03). O pedido foi realizado por uma suposta amiga de Italo. A motorista foi acionada para ir até o Posto Yellow, localizado na Avenida João XXIII, zona Leste de Teresina, onde se encontravam Italo John e um rapaz.

Boletim de Ocorrências registrado no dia 25 de março 

“Ele estava muito alegre e eu também muito simpática. Quando chegou na metade do caminho, ele [Italo] olhou pra mim e já pegou nos meus seios. Disse que eu tinha os seios grandes. Eu tomei aquele susto e fiquei na retaguarda. Queira ou não, era dois homens aparentemente”, explica a vítima.

Ainda de acordo com a motorista, o endereço que o apresentador colocou no início da viagem era para o bairro Promorar, zona Sul de Teresina. Depois ele mudou a rota e pediu para ser levado até o motel Pousada dos Ipês, junto com o outro rapaz que estava no banco traseiro.

Ao chegar no motel, o apresentador Italo John ficou buzinando para entrar no local, a motorista relata que tirou a mão do apresentador da buzina, mas quase batia o veículo já que o local era muito estreito. A motorista entrou no motel e finalizou a corrida que totalizou R$ 10,34, mas o apresentador havia perguntado se R$ 10,00 pagava a viagem e a vítima, já nervosa, querendo sair do local, respondeu que sim.

A motorista relata ao Portal AZ que não conhecia o apresentador, já que ela veio de São Paulo para trabalhar como motorista de aplicativo em Teresina há pouco tempo. Ela conta ainda que foi até à Delegacia da Mulher, em companhia do presidente da Associação de Motoristas de Aplicativos de Teresina, para registrar um Boletim de Ocorrências contra o apresentador Italo John.

Matérias relacionadas:
Motorista de aplicativo denuncia apresentador de TV por assédio durante corrida para motel
Apresentador Italo John é intimado por denúncia de importunação sexual
MN dá 30 dias de punição ao apresentador acusado de assédio a uma motorista de aplicativo
Motoristas de aplicativo fazem protesto durante depoimento de Italo John na Delegacia da Mulher