1. Editorias
  2. Polícia
  3. Semirreboque adulterado é apreendido pela Polícia Rodoviária Federal
Publicidade

Semirreboque adulterado é apreendido pela Polícia Rodoviária Federal

De acordo com a PRF, um dos "chassis" não correspondia ao modelo do veículo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Piauí abordou na noite desta terça-feira (11) um cavalo-trator conduzido por um homem de 40 anos que estava tracionando dois semirreboques de fabricação Guerra na unidade operacional de Picos, localizado a 249 km da BR-316.

Semirreboques na unidade operacional da PRF em Picos (Foto: Divulgação/PRF)

A abordagem aconteceu por volta das 21h. A PRF realizou os procedimentos rotineiros de identificação dos semirreboques que também pertenciam ao proprietário do veículo e foi verificado que um dos chassis gravados e consultados no sistema de Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), na verdade corresponde ao chassi de uma carretinha de fabricação “Montanna 500E” e que as gravações tem padrão diferente do veículo original.

De acordo com a PRF, os documentos dos referidos veículos também foram consultados e aparentemente são originais, restando ideologicamente falsas somente as informações neles contidas, uma vez que os chassis gravados não pertencem a um semirreboque Guerra. 

Os certificados de registro e licenciamento de veículo (CRVL) foram encaminhados à Polícia Judiciária para providências cabíveis e o veículo está recolhido na unidade PRF de Picos. 

Quanto ao Cavalo-trator não foi verificado nenhuma irregularidade.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Piauí abordou na noite desta terça-feira (11) um cavalo-trator conduzido por um homem de 40 anos que estava tracionando dois semirreboques de fabricação Guerra na unidade operacional de Picos, localizado a 249 km da BR-316.

Semirreboques na unidade operacional da PRF em Picos (Foto: Divulgação/PRF)

A abordagem aconteceu por volta das 21h. A PRF realizou os procedimentos rotineiros de identificação dos semirreboques que também pertenciam ao proprietário do veículo e foi verificado que um dos chassis gravados e consultados no sistema de Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), na verdade corresponde ao chassi de uma carretinha de fabricação “Montanna 500E” e que as gravações tem padrão diferente do veículo original.

De acordo com a PRF, os documentos dos referidos veículos também foram consultados e aparentemente são originais, restando ideologicamente falsas somente as informações neles contidas, uma vez que os chassis gravados não pertencem a um semirreboque Guerra. 

Os certificados de registro e licenciamento de veículo (CRVL) foram encaminhados à Polícia Judiciária para providências cabíveis e o veículo está recolhido na unidade PRF de Picos. 

Quanto ao Cavalo-trator não foi verificado nenhuma irregularidade.