Malandro paga fiança de amiga com notas falsas

Reprodução/Quad-City Times
Já diria Bezerra, malandro é malandro...



Bancar o malandro com policiais não costuma ser uma boa ideia. Mas, Yancy Terell Cochran, 35 anos, não sabia disso. O cara achou que os guardas não conseguem identificar uma nota falsa.

Por isso, o sujeito pagou a fiança de uma amiga, presa por não quitar suas dívidas com multas de trânsito, com seis notas falsa de US$ 50.

A policial Angela Kent não notou nada de errado no dinheiro, mas, mesmo assim, passou uma caneta especial para detectar notas falsas. Era para a marca ficar amarela, mas o risco ficou preto.

Angela chamou o xerife para investigar o caso. O cara, mais experiente, notou que duas notas tinham o mesmo número de série e pressionou Cochran.

O malandro tentou jogar um papo, disse nem que sim, nem que não e muito pelo contrário. Mas no final, sem saída, confessou que fez as notas falsas na sua casa.

A polícia fez uma visitinha no local e encontrou uma impressora, scanner e papel para fazer dinheiro falso. Cochran foi preso e, se for condenado, pode passar até cinco anos no xadrez.

Já sua amiga, presa por não pagar multas de trânsito, foi solta. Mas, desta vez, a fiança foi paga com dinheiro verdadeiro.

Mais lidas nesse momento