Mulher é presa com mala revestida de cocaína no Centro de SP

Uma filipina de 37 anos foi presa na quinta-feira (29) na Praça da República, região central de São Paulo, com uma mala revestida de cocaína. Segundo estimativa da polícia, a mulher carregava cerca de 5 kg da droga.

A mulher disse que chegou ao Brasil vinda do Peru, e que embarcaria para as Filipinas. Para transportar a droga, os traficantes usaram uma mala de material resistente, retiraram o forro e a revestiram com uma massa escura – composta por cocaína e substancias químicas.

Quando a droga chega ao destino, ela passa por um processo químico para voltar a ter a forma de pó. “Ela [a mulher] recebe um valor para fazer o transporte, e corre o risco todo desse transporte. São diversas pessoas que acabam entrando no crime para ganhar um pouco de dinheiro”, disse o delegado Fábio Guimarães.

Além de a mala ser feita de cocaína, dentro dela ainda havia mais 2 kg da droga em latas de comida peruana.

Outros casos
Outros casos de apreensão de drogas aconteceram na quinta-feira (29) na capital paulista. Na Rodoviária do Tietê, Zona Norte da cidade, uma mulher foi presa em flagrante com uma criança no colo quando transportava seis tijolos de maconha em uma mochila. Ela tentava embarcar em um ônibus para Ubatuba, no litoral paulista.

No Cambuci, Zona Sul da cidade, um casal foi preso por suspeita de tráfico de drogas. Eles estavam dentro de casa com um quilo de cocaína. O homem de 79 anos e a mulher de 44 não tinham passagem pela polícia.

Na região do aeroporto de Congonhas, também na Zona Sul, 1,5 kg de cocaína foram apreendidos dentro de um hotel. Policiais foram chamados pelos funcionários para fazer com que dois hóspedes parassem com o barulho. A droga estava dentro do quarto. Os dois homens devem ser autuados por tráfico de drogas.

Mais lidas nesse momento