Investigações sobre sequestro de criança em Imperatriz estão avançando

Informação foi dada pelo secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, ao Imirante, nesta sexta-feira (6).

Seguem as investigações no caso do sequestro do menino Pedro Paulo, de cinco anos, levado de casa no dia 27 de junho, em Imperatriz. Filho de um casal de comerciantes, Pedro Paulo foi sequestrado, com a babá – posteriormente libertada –, por dois homens que estavam em uma moto. Os dois suspeitos fugiram em uma caminhonete de cor preta. Os trabalhos de buscas foram intensificados no município de Sítio Novo do Tocantins, a 65 km de Imperatriz, onde eles teriam sido vistos.

Em entrevista ao Imirante nesta sexta-feira (6), o secretário de Estado da Segurança Pública, Aluísio Mendes, não quis dar detalhes sobre o caso, porque as investigações ocorrem sob sigilo para preservar a vida da criança, mas afirmou que as buscas estão ocorrendo de forma avançada. "Nós estamos acompanhado as investigações com muita preocupação. Tivemos, ontem, informações muito boas com relação ao andamento dessa investigação. Acreditamos que até o fim da semana nós teremos informações importantes sobre esse caso", afirmou. Trabalham, no caso, as polícias do Piauí, Maranhão e Tocantins. Segundo Aluísio, acredita-se que os sequestradores não sejam do Maranhão.

A família da criança anunciou recompensa no valor de R$ 10 mil por uma informação segura que possa levar até a criança. No fim de junho, a polícia divulgou os retratos falados dos suspeitos e o Disque-Denúncia divulgou cartazes com uma foto da criança desaparecida. Qualquer informação pode ser repassada ao serviço, que funciona 24h pelos telefones (98) 3223-5800 (na capital) e 0300-313-5800 (no interior do Estado). Não é necessário se identificar.

Fonte: Imirante.com

Mais lidas nesse momento