Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Homem preso com dinheiro falso já responde a inquérito na Polícia Federal

23/11/2012 • 16:53
O homem preso por policiais civis e militares na manhã desta quinta-feira (23) com duas cédulas falsas de 100 reais já respondia a inquérito na Polícia Federal por crime de falsificação de dinheiro. Valdeci Pereira da Silva foi preso no bairro Porto Alegre numa operação conjunta de três delegacias da Polícia Civil (Polinter, 4° e 10°Distritos Policial) e da Companhia Independente da PM no Promorar.



Segundo a polícia, o acusado foi preso depois de longa investigação sobre o roubo de veículos na zona sul da capital piauiense. Os policiais teriam descoberto que Valdeci Pereira, também conhecido como "Bolinha", seria um receptador de motos roubadas na região e em outras partes da cidade.

De acordo com o chefe de Investigações da Polinter, a delegacia de combate a roubo de veículos, Marcelo Duarte, as cédulas estavam juntas com outros R$ 2.500 verdadeiros encontrado na casa do acusado.



"Ao levantar a ficha do acusado aqui na Polícia Federal foi descoberto que o Bolinha já foi preso antes com dinheiro falso e responde a inquérito pelo crime falsificação de moeda", disse o investigador.

Na residência de bolinha foram encontradas duas motos (uma Broz de cor laranja e uma Titan preta) que teriam sido roubadas no início do mês.



"A gente levantou informações que essas duas motos iriam ser levadas para o Maranhão, onde seriam vendidas. Felizmente nós conseguimos chegar antes e efetuar a prisão desse receptador, concluiu Duarte.

A investigação continua com o objetivo de identificar os autores dos roubos e os receptadores desses veículos no Maranhão.
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014