Autoridades discutem elaboração do Primeiro Plano de Segurança Pública do Piauí

Diagnóstico revela o que a população espera da polícia e da segurança pública no estado

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí percorreu os doze territórios de desenvolvimento coletando informações juntos à população para a elaboração do Plano Estadual de Segurança Pública. O diagnóstico das plenárias foi apresentado para o Gabinete de Gestão Integrada no Estado do Piauí (GGI-PI), em reunião, nessa sexta-feira (14), na sede da Justiça Federal.

De acordo com o que foi compilado, a partir da participação popular, a estrutura da segurança foi o ponto mais discutido em todos os eixos.  

A delegada Eugênia Villa, Diretora de Gestão Interna da Secretaria de Segurança Pública, destacou que o processo se deu mediante cinco eixos de trabalho: Valorização e Otimização das condições de trabalho, Governança da Segurança, Segurança e Participação Social, Prevenção Social de Crimes e Segurança e Dinâmica Socioeconômica dos Territórios.

Delegada Eugênia Villa
Delegada Eugênia Villa

“Organizamos os dados por eixo e território, tabulamos esses dados e pudemos perceber que a estrutura apareceu em todos os eixos. A gente viu que a fala das pessoas se dirigiu a questão da estrutura, carência de recursos humanos, e precariedade das instalações. Em segundo lugar, foi apontada a segurança do policial, ou seja, a saúde, o salário digno, direito a habitação, e carreira. Posteriormente, observamos a questão da cidadania, a população quer nos ver como um agente de transformação social. A respeito dos nossos procedimentos, nós notamos que precisamos mudar as práticas cognitivas, o modo como a polícia atua”, afirmou a delegada Eugênia Villa, pontuando algumas das discussões de destaque nas plenárias.

Cinco câmaras temáticas devem colaborar com a análise dos resultados dos eixos para a elaboração do plano de segurança. “Com os resultados, os estudiosos vão poder nos ajudar a construir, melhorar e aperfeiçoar as categorias empíricas para subsidiar o primeiro plano de segurança do Piauí”, ressaltou a delegada.

Secretário de Segurança Fábio Abreu
Secretário de Segurança Fábio Abreu

Com relação à reunião com o GGI, o secretário de segurança Fábio Abreu observou que o estado tem profissionais gabaritados e qualificados para cooperar com esse processo. “Tenho certeza que daqui teremos mais colaboração para que esse plano realmente seja finalizado com a participação de todas as pessoas, assim como já realizamos as diversas plenárias, no interior a fora do nosso estado para que a gente tenha uma amostra ou pelo menos o que se espera da Segurança e do Governo e dos estudos em relação a esse tema que é tão importante”, frisou.

Mais lidas nesse momento