Polícia prende vigia acusado de estuprar quatro crianças dentro de escola da rede particular

A polícia prendeu ainda Alan Kardec Alves Reis suspeito de ter praticado atos libidinosos contra as próprias filhas, ao mesmo tempo que trabalhava como cuidador de crianças especiais

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (05/12), no município de Floriano Alan Kardec Alves Reis, de 36 anos e Paulo de Tarso Oliveira Varão, de 57 anos ambos acusados de estupro de vulnerável.

De acordo com informações repassadas pela polícia Alan Kardec Alves Reis é suspeito de ter praticado atos libidinosos contra as próprias filhas, ao mesmo tempo que trabalhava como cuidador de crianças especiais na rede municipal de ensino da cidade.

Alan Kardec foi preso em sua residência e teria negado as acusações contra ele.

Alan Kardec Alves Reis e Paulo de Tarso Oliveira Varão (Foto: Divulgação: Polícia Civil)
Alan Kardec Alves Reis e Paulo de Tarso Oliveira Varão (Foto: Divulgação: Polícia Civil)

Paulo de Tarso Oliveira Varão, por sua vez, era vigia de um colégio particular da cidade e acusado de ter praticado atos libidinosos em quatro crianças de apenas 6 anos de idade.  O nome da escola não foi divulgado pela polícia.

A denúncia partiu dos próprios alunos, que relataram aos pais os abusos que aconteciam na hora do intervalo ou no horário de saída da escola. 

Segundo a polícia, todas as crianças foram submetidas a exame de corpo de delito que constataram que não houve conjunção carnal. As crianças chegaram a relatar que o acusado as colocava no colo, beijava, acariciava e praticava sexo oral nelas.

A polícia tem dez dias para concluir o inquérito envolvendo os dois casos, porém as apurações já foram concluídas. Os acusados foram presos na delegacia de Floriano e estão à disposição da Justiça. 

 

Mais lidas nesse momento