Delegado diz que assaltantes apagaram digitais em veículo usando extintor

Criminosos teriam agido de forma "profissional" ao roubarem o dinheiro da Caminhada da Fraternidade, segundo delegado

A Polícia Civil fez a reconstituição do crime de roubo ao dinheiro arrecadado durante a 23ª Caminhada da Fraternidade, ocorrido na tarde dessa terça-feira (12), em frente à agência do Banco do Brasil, na Avenida Jóquei Clube, zona leste de Teresina. Os assaltantes utilizaram o extintor do veículo para apagarem as impressões digitais. 

A informação foi confirmada pelo delegado Ademar Canabrava, que ainda afirmou que a polícia está utilizando as câmeras de segurança dos locais próximos ao crime para tentar identificar os suspeitos.

Foto: reprodução internet
Foto: reprodução internet

“Logo depois do roubo, já iniciamos os trabalhos de investigação e fizemos a reconstituição do crime. Equipes da polícia estão em campo e as câmeras de segurança dos locais próximos ao ocorrido estão sendo utilizadas para tentar identificar os suspeitos. Em breve, chegaremos aos responsáveis pelo crime”, afirmou Ademar Canabrava, titular do 12º Distrito Policial, ao Portal AZ.

Fiéis celebraram 23ª Caminhada da Fraternidade no último domingo. Foto: reprodução Instagram
Fiéis celebraram 23ª Caminhada da Fraternidade no último domingo. Foto: reprodução Instagram

Ainda de acordo com o delegado, os suspeitos agiram de forma planejada e profissional. “ Na manhã de hoje ouvimos os funcionários da igreja que foram abordados pelos bandidos. Ao que indica, foi tudo planejado. Os suspeitos agiram de forma profissional, usaram até o extintor do próprio veículo para excluir as impressões digitais deles”, explica Ademar Canabrava.

Entenda o caso

O carro da paróquia de Fátima, zona leste de Teresina, foi alvo de bandidos no início da tarde desta terça-feira (12). No veículo continha parte do dinheiro arrecadado na Caminhada da Fraternidade que aconteceu no domingo (10).

O veículo da paróquia de Fátima foi localizado no fim da tarde de ontem na Avenida Homero Castelo Branco, zona leste de Teresina. A informação é do delegado responsável pelo 12º Distrito Policial, Ademar Canabrava, o qual confirmou ainda que foram roubados cerca de R$ 25 mil referente ao arrecadado na Caminhada da Fraternidade.

“Quase todo dia os funcionários da paróquia depositam uma quantia e ontem acabaram sendo alvo desses assaltantes. Ainda não sabemos quantos assaltantes eram ao todo, já que um veículo deu apoio, mas a perícia já está no local e com isso já demos início às investigações”, explica o delegado Canabrava.

Mais lidas nesse momento