Justiça Eleitoral rejeita pedido de cassação do mandato do governador

Por Luciano Coelho e Anselmo Moura
Foto: Dantércio Cardoso

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí absolveu o governador Wilson Martins (PSB) no processo que pedia a cassação de seu mandato. Com um placar de 4x3, a corte do TRE rejeitou o pedido de cassação do gestor. Wilson era acusado de conduta vedada ao agente público nas eleições de 2012.



O relator do processo, juiz Valter Ferreira de Alencar Pires Rebelo, votou favorável à absolvição do governador. A votação terminou empatada em 3x3 e o presidente do Tribunal, desembargador Haroldo Rehem, teve de dar o voto de minerva, sendo favorável à improcedência da matéria.

Durante o período eleitoral de 2010, o governador teria que retirar todas as placas com a propaganda do Governo do Estado, no entanto, durante a inauguração da Barragem de Tinguis, no município de Brasileira, foi encontrada uma placa com slogan oficial do Governo: “Piauí é feliz quem vive aqui!”. Logo após o fato, a propaganda foi retirada do local.

O pedido de cassação do mandato de Wilson Martins foi feito pela coligação “A Força do Povo”, encabeçada por Silvio Mendes (PSDB). Em protesto contra as seguidas absolvições do governador em processos no TRE, o tucano chegou a retirar as ações que movia contra o gestor.

No entanto, alguns processos que já estavam em tramitação no Tribunal foram mantidos e estão sendo analisados pela corte para em seguida ir a julgamento.

Mais lidas nesse momento