Promotor de Justiça impugna a candidatura do prefeito de Barras

O Ministério Público impugnou o registro da candidatura à reeleição do prefeito Chico Marques, de Barras. Alega condenação do gestor pelo TRE-PI, em janeiro passado, por conduta vedada, onde Marques foi multado a pagar R$ 15 mil.

O caso da condenação de Chico Marques refere-se à eleição de 2010, quando ele apoiava o deputado estadual Themístocles Filho, sendo acusado de ter demitido funcionários municipais que não seguiram sua orientação política.

A juiza eleitoral de Barras, Zelvania Barbosa deverá expedir notificação para o prefeito Chico Marques apresentar sua defesa.

A ação do Ministério Público foi ajuizada pelo promotor de Justiça Glécio Setúbal.

Mais lidas nesse momento