Prefeito de Brasileira é condenado por infidelidade partidária

Por Cinnara Sales

O prefeito do município de Brasileira, que fica a 172 quilômetros de Teresina, foi cassado nesta sexta-feira (03) sob a acusação de infidelidade partidária. Francisco de Assis Amado Costa foi eleito em 2008 quando estava coligado ao PSDB e migrou posteriormente para PSB.

De acordo com Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o gestor de Brasileira perdeu seu mandato, mas não se tornou inelegível. O que configura que nas próximas eleições, que acontecem em outubro deste ano, Francisco Amado pode concorrer como qualquer candidato.

Com a cassação do mandato do chefe do executivo de Brasileira, este já é o terceiro prefeito cassado, este ano, por infidelidade partidária.

Mais lidas nesse momento