Juiz Valter Rebelo cassa mandato de vereadora por infidelidade partidária

Por Luciano Coelho
Redação de Samira Ramalho

A vereadora Maria Celsiana Ramos, de Alegrete do Piauí, teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral, nesta segunda-feira (06). A justificativa foi a migração da vereadora do partido PTB, pelo qual foi eleita em 2008, para o PRB. O juiz eleitoral Valter Rebelo julgou o caso como infidelidade partidária.


O TRE determinou à Câmara Municipal de Alegrete para que emposse o substituto de Maria Celsiana no prazo máximo de 10 dias. Até agora, 50 vereadores, três (3) prefeitos e um (1) vice prefeito foram cassados no Piauí por infidelidade partidária, referente ao pleito de 2008.

Mais lidas nesse momento