Com filiação em massa PP ganha mais força para manter a vice-governadoria

“Chegou a hora dos Progressistas”, disse o presidente estadual do partido, Júlio Arcoverde

O Progressista avança ainda mais no interior do Piauí com o evento de filiação em massa promovida esta semana pela executiva do partido na capital. Com mais 18 filiações o PP passou a contar com 62 prefeitos no Piauí e isso pode significar um maior afastamento da pretensão do PMDB de colocar o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho, na cadeira de vice-governador no próximo ano.

Deputado estadual e presidente do PP no Piauí, Júlio Arcoverde (Foto: Divulgação)
Deputado estadual e presidente do PP no Piauí, Júlio Arcoverde (Foto: Divulgação)

O presidente estadual do PP, deputado Júlio Arcoverde, comentou sobre o assunto durante entrevista e pontuou ainda que o PP continua apoiando o senador Ciro Nogueira como candidato à reeleição e que o partido também vai se manter na briga para manter Margarete Coelho na vice-governadoria. “A gente só perde quando a gente tem, e o PMDB ainda não tem a vaga de vice. Chegou a hora dos Progressistas”, afirmou.

“Em 2018 a gente vai ter outra conversa, mas se eventualmente não tivermos essa vaga de vice que vai perder é o Progressista", acrescentou Júlio.

 

Mais lidas nesse momento