Slogan de Serra vira jingle

Desde que entrou na disputa pela presidência do país, o candidato do PSDB, José Serra, tem repetido uma frase que virou slogan em sua campanha: “O Brasil pode mais”. Nesta quarta-feira, em sua visita a Uberlândia (MG), o slogan virou jingle. A música diz que “o triângulo [mineiro] pode mais, Minas pode mais e o Brasil pode mais”. Contudo, não há referência ao nome de Serra, já que a lei eleitoral ainda não permite campanha.

Mais de 40 prefeitos dos partidos PSDB, PP, DEM e PPS participaram do encontro com o ex-governador de São Paulo. Durante a manhã, eles fizeram uma reunião na Associação Mineira de Municípios (AMM). Depois participaram de um almoço com comida típica mineira. Em seguida, seguiram em ônibus alugado para o evento com Serra e o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves.

No evento, Aécio disse que o partido não tem pressa para escolher o vice. Ele repetiu que ajudará mais José Serra se ficar em Minas, como candidato ao Senado. “Estou absolutamente engajado na vitória de Serra. Minas será muito importante para eleger nosso companheiro”, afirmou o tucano.

Ele prometeu viajar a outros estados com Serra. “Ele me convidou hoje para que vá com ele a outros estados, mesmo não sendo vice, e eu aceitei. Vou estar ao seu lado, no limite das minhas forças”, afirmou. “Hoje, o interesse do país passa pela eleição de Serra.

Aécio é considerado a escolha dos sonhos para montar a chapa. Questionado se Francisco Dornelles, seu parente e nome do PP, seria um bom vice para Serra, voltou a afirmar que o partido não tem pressa para a definição.
A interlocutores, Aécio afirmou que o momento ideal para anunciar quem ficará com o posto é o mês de junho, período das convenções partidárias que oficializam as candidaturas.

Mais lidas nesse momento