Dilma evita comentar exclusão de Ciro da disputa à Presidência

A pré-candidata à Presidência da República pelo PT, Dilma Rousseff, evitou nesta quinta-feira (29) comentar a alta de 0,75 ponto porcentual na taxa básica de juros, a Selic, determinada ontem pelo Copom (Comitê de Política Monetária). Ao chegar a Ribeirão Preto para uma entrevista em uma emissora de televisão local, Dilma foi indagada sobre o impacto da Selic na agricultura, já que vai participar da Agrishow, a principal feira do setor na América Latina.

Segundo a ex-ministra, a agricultura não sofrerá impactos com a alta dos juros porque as taxas praticadas para o setor são diferenciadas e mais baixas.

Dilma evitou ainda comentar a decisão do PSB de retirar a candidatura do deputado federal Ciro Gomes à Presidência.

- Tenho admiração e amizade pelo deputado Ciro Gomes, mas não vou comentar a decisão, que é do partido [PSB].

Dilma chega no começo da tarde à Agrishow, onde terá uma reunião com representantes do setor ruralista e deve visitar, na feira, o estande do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Ainda em Ribeirão Preto, Dilma terá uma reunião com prefeitos e lideranças políticas de partidos aliados ao PT na região, em um hotel na cidade.

Mais lidas nesse momento