Temer decide nomear deputado Carlos Marun para o comando da Secretaria de Governo

Integrante da 'tropa de choque' do presidente, parlamentar do PMDB assumirá vaga de Antonio Imbassahy na articulação política. Mudança adiou horário da posse do ministro das Cidades

Pressionado pelo "Centrão" para mudar o articulador político do Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer decidiu nesta quarta-feira (22) nomear o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) para o comando da Secretaria de Governo em substituição ao tucano Antonio Imbassahy (BA).

Carlos Marun assumirá a Secretaria de Governo em solenidade no Planalto nesta quarta-feira (22). Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Carlos Marun assumirá a Secretaria de Governo em solenidade no Planalto nesta quarta-feira (22). Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Deputado federal de primeiro mandato, Marun é um dos mais ferrenhos integrantes da "tropa de choque" do presidente da República. Para assumir a vaga no primeiro escalão, o peemedebista se comprometeu com Temer em não disputar a reeleição para deputado federal no ano que vem.

A mudança de última hora na articulação política do governo fez com que o Planalto adiasse em uma hora e meia a cerimônia de posse do novo ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que estava programada para as 15h30.

Para aproveitar a solenidade e dar posse simultaneamente a Baldy e Marun, o cerimonial do palácio transferiu a cerimônia para as 17h.