Empresas de tecnologia dominam ranking de marcas mais valiosas

Pelo quinto ano consecutivo, Apple e Google ocupam as primeiras posições

As empresas do setor de tecnologia dominam o ranking das marcas mais valiosas do mundo, de acordo com a consultoria Interbrand. Das dez mais valiosas, sete são desse setor, segundo o levantamento.

Apple lidera o ranking (Foto: reprodução internet)
Apple lidera o ranking (Foto: reprodução internet)

Pelo quinto ano consecutivo, Apple e Google ocupam as primeiras posições. A Apple cresceu 3% e tem valor de marca de US$ 184,15 bilhões, enquanto que o Google cresceu 6% chegando a um valor de marca de US$ 141,70 bilhões.

Microsoft saltou para o 3º lugar, como uma das 16 marcas com um crescimento de dois dígitos. Seguindo a Coca-Cola, que está em 4º, vêm Amazon, Samsung, Toyota e Facebook, que entra pela primeira vez no top 10 em 8º lugar. Mercedes-Benz e IBM completam o top 10.

As dez marcas mais valiosas do mundo:

Apple - US$ 184,15 bilhões (+3%)
Google - US$ 141,70 (+6%)
Microsoft - US$ 79,99 bilhões (+10%)
Coca-Cola - US$ 69,73 bilhões (-5%)
Amazon - US$ 64,79 bilhões (+29%)
Samsung - US$ 56,24 bilhões (+9%)
Toyota - US$ 50,29 bilhões (-6%)
Facebook - US$ 48,18 bilhões (+48%)
Mercedes-Benz - US$ 47,82 bilhões (+10%)
IBM - US$ 46,82 bilhões (-11%)
 
As cinco marcas que mais cresceram são Facebook (48%) - pelo segundo ano consecutivo-, Amazon (29%), Adobe (19%), Adidas (17%) e Starbucks (16%).

Mais da metade das Best Global Brands compõe quatro setores: Automotivo (16), Tecnologia (15), Serviços Financeiros (12) e Bens de Consumo (9).

O Varejo é o setor que mais cresceu em termos de porcentagem (19%), seguido dos setores de Artigos Esportivos (10%), Tecnologia (8%), Logística (7%) e Serviços Financeiros (6%).

As 100 marcas mais valiosas do mundo têm um valor conjunto em 2017 de US$ 1,871,73 trilhões, 4,2% a mais do que em 2016. Este ano, além da Ferrari que entrou na lista em 88º lugar, são estreantes a Netflix e a Salesforce.com, respectivamente em 78º e 84º lugares.

O ranking completo pode ser visto no link do Best Global Brands.

O ranking é construído com base em três atributos principais, que contribuem para o valor acumulado de uma marca: performance financeira dos produtos e serviços sob a chancela da marca; papel da marca na decisão de compra do consumidor; força da marca para garantir um preço premium ou ganhos futuros para a empresa.

Marcas brasileiras

Assim como nos anos anteriores, as marcas brasileiras ainda não atendem aos critérios para entrar no rol das marcas globais mais valiosas. Algumas possuem valor financeiro, porém não têm presença global, segundo a Interbrand.

"O Brasil teve uma contribuição importante no expressivo crescimento das marcas de tecnologia no ranking de 2017. Basta olhar para os números do Facebook, Google e Netflix no país – apenas para citar alguns - para constatar que os brasileiros têm uma relação muito forte com estas marcas”, avalia Daniella Giavina-Bianchi, diretora geral da Interbrand.

Mais lidas nesse momento