RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca

Centro de Produção de Arte Santeira para jovens aprendizes

21/01/2016 • 14:12
Da redação do Portal AZ

A arte santeira é um dos traços mais expressivos da nossa cultura, que vem sendo esculpida delicadamente pelas mãos de valorosos artesãos. Para manter aceso esse importante ofício, que tem trabalhos reconhecidos internacionalmente, a Prefeitura de Teresina criou um Centro de Produção específico para essa arte popular, que além de expor e comercializar peças, oferece curso para iniciantes na área, tendo como proposta a descoberta de novos talentos. Atualmente, cerca 12 jovens têm buscado aprender a arte de esculpir em madeira. 




 
Nesse universo protagonizado principalmente por homens, a jovem Milena Karine é um dos exemplos de que as mulheres têm buscado conquistar seu espaço também nessa esfera da arte. “Quando entrei aqui, eu achei que não ia conseguir aprender nada. Ai comecei a ver que eu era capaz de fazer e fiquei impressionada. Fiz uma peça, aí mostrei para um tio meu, que acabou gostando e pediu que eu fizesse outra porque ele queria comprar. Isso é um incentivo a mais para a gente, que ocupa o tempo aprendendo algo interessante. Pretendo me esforçar para aprender cada vez”, relata.

Wanderson Vinícius, assim como Milena, acreditava que seria mais difícil aprender as técnicas de entalhar em madeira. “Cheguei aqui achando que era bem difícil também, mas aos poucos estou aprendendo e gostando disso”, conta.

O curso é direcionado prioritariamente para jovens, mas não exclui aqueles que se sentem interessados em aprimorar suas técnicas em um espaço que dispõe dos recursos necessários. Dona Maria das Graças, no auge dos seus 60 anos, 8 destes enxergando na arte de entalhar em madeira uma terapia, logo que soube da existência do Centro de Produção de Arte Santeira procurou o espaço para aprender um pouco mais com Mestre Dim, professor do curso.“Vim para cá para aprimorar minhas técnicas e aprender outras com o Dim, que é um ótimo professor e artista santeiro. Isso aqui é uma forma de ocupar meu tempo, uma terapia”, disse ela.

Mestre Dim, além passar para os alunos os conhecimentos adquiridos nos 25 dedicados a essa arte, é também o coordenador do Centro de Produção, Ele explica que nas aulas os jovens são orientados ainda a manter um bom desempenho na escola. “Aqui eles não aprendem só as técnicas, eu também procuro incentivar que eles se dediquem aos estudos, que procurem viver sempre bem em comunidade”, explica o artesão, acrescentando que o dinheiro obtido com venda das peças produzidas pelos alunos é entregue a eles, funcionando como mais uma forma de incentivo.

A Secretaria Municipal de Economia Solidária é o órgão responsável por gerir o referido centro, inaugurado outubro de 2015. O titular da pasta, Olavo Braz, aponta que um dos aspectos relevantes desse projeto é a questão da qualificação da mão de obra dos jovens. “Na medida em que os artesãos vão realizando o trabalho, recebendo encomendas, eles vão contratando a mão de obra jovem para auxiliar na produção das peças. Isso vai envolvendo esses jovens nesse aspecto da produção. Além disso, também é uma forma de descobrir novos talentos”, pontua o gestor.

Para quem desejar visitar o Centro de Produção de Arte Santeira, o prédio fica localizado na Alameda Mestre João Isidoro França, 484, bairro Poti Velho, zona Norte da capital. A região foi escolhida para abrigar o centro justamente por concentrar um importante polo de produção de artesanato e pontos turísticos. Com isso, também é possível incluí-lo na rota turística da cidade, dando maior visibilidade à produção local. 

Mega acumula e pode pagar seis milhões nesse sábado

25/12/2015 • 16:49
Da redação do Portal AZ

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.773 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram: 15-30-39-41-45-59.

O prêmio estimado era de R$ 3 milhões. A Quina, que teve 36 ganhadores, pagou, para cada um, R$ 55.113,48.

Outras 2.312 pessoas acertaram a Quadra, e levaram R$ 1.225,95, cada. A expectativa de prêmio para o próximo sorteio é de R$ 6 milhões. Ele acontece no próximo sábado (26).

Música do Amapá é atração na Mostra Sesc Amazônia das Artes

19/08/2015 • 17:06
Da redação do Portal AZ

Há uma semana o projeto de circulação Sesc Amazônia das Artes está instalado em Teresina. Nesta quinta-feira (20) a cantora Brenda Melo apresenta o show “Tática”, às 20h, no Palácio da Música. O espetáculo é livre para todos os públicos e a entrada é gratuita.

O show homônimo do álbum da cantora ressalta a essência da ‘amapalidade’, a fusão de ritmos universais e a musicalidade local, os tambores, caixas e suingue.

 
A Mostra Sesc Amazônia das Artes é um dos maiores eventos de intercâmbio cultural da região Norte e um dos mais expressivos do país, realizada em 10 estados. No Piauí o evento foi iniciado dia 13 de agosto, com dois espetáculos locais: Grave-Grog, do Balé da Cidade de Teresina, e o show Terê Groove, do cantor Roraima e banda Terê Groove, ambos realizados no Theatro 4 de Setembro.


A Mostra oferece espetáculos de música, dança, teatro, exposições de artes visuais e mostra de cinema de 10 estados que integram a Amazônia Legal: Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Piauí e Maranhão.

O Amazônia das Artes segue nesta sexta-feira (21) com o show Passarim do Jalapão, do cantor Dorivã, natural de Palmas (TO), às 20h, no Palácio da Música. A programação de espetáculos encerra neste sábado (22) com Lete, peça teatral da Beradera Companhia de Teatro (RO), às 19h, no Teatro do Boi (classificação 14 anos) e o show Cantador de Feira, de Luís Santos (PI), às 20h, também no Palácio da Música.

Teatro de Arena é palco da Batalha Contra as Diferenças

17/07/2015 • 14:09
Por Alexandra Teodoro

O local escolhido para esse confronto foi o Teatro de Arena. A Batalha Contra as Diferenças é um evento organizado pelo Complexo Cultural Hip Hop da zona norte da capital. Trata-se de um campeonato de dança com participação de jovens de Teresina e demais cidades, à partir de das 15h.


Cultura Hip Hop ganhando espaço a cada dia
Ao todo, 16 grupos estarão participando da disputa que tem como objetivo fortalecer a cultura hip hop em Teresina, com ações que envolvam a comunidade. Irão participar do evento grupos representando as cidades de Teresina, Timon, Altos, Esperantina, Parnaíba, Picos e Fortaleza. Os grupos disputam uma premiação de R$ 500 reais para o primeiro colocado e R$ 200 para o segundo lugar.

‘Fechamos o ano muito bem’, diz ministra sobre leilão da BR-040

27/12/2013 • 00:00
A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, comemorou nesta sexta-feira (27) o resultado do leilão do trecho da BR-040, entre Brasília e Minas Gerais, arrematada pela Invepar, com uma proposta de pedágio de R$ 3,22. O valor representou deságio de 61,13% em relação ao teto para a tarifa fixado pelo governo, o mais alto desconto entre os cinco leilões de rodovias feitos desde setembro.

“Fechamos muito bem o ano”, disse Gleisi, durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, em Brasília. “Todos os nossos pedágios estão abaixo de R$ 5 e os investimentos serão concentrados em 5 anos. Disseram que isso seria impossível [fazer os leilões no modelo proposto pelo governo]”, completou ela.

De acordo com a ANTT, o usuário que passar pelas 11 praças de pedágio que serão criadas no trecho concedido pagará, no total, R$ 35,20. A tarifa será a mesma em todas as praças, já que, segundo agência, as distâncias são iguais.

A BR-040 liga Brasília ao Rio de Janeiro, passando por Belo Horizonte e Juiz de Fora. Segundo a ANTT, em média 7.165 veículos trafegam pelo trecho diariamente.

Fonte: G1
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. »
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2016