RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca

Procura por coleta seletiva quase dobra em Teresina

16/05/2016 • 09:26
Da redação do Portal AZ

Em um comparativo com o primeiro trimestre de 2015, dados da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) mostram que a coleta seletiva cresceu 42% na capital do Piauí. Em Teresina, a ação acontece por meio da utilização de Pontos de Entrega Voluntária (PEVs).

Os Pontos recebem, em média, 40 toneladas de materiais recicláveis mensalmente. Teresina conta com nove PEVs e cinco “PEVinhos”, que possuem capacidade menor. Os contentores são identificados pela cor e pelo tipo de material que cada um pode receber, a fim de facilitar a coleta seletiva. O vermelho para plástico, o verde para vidro, o azul para papel e o amarelo para metais.

“A coleta seletiva é uma alternativa ecologicamente correta, porque desvia parte dos resíduos sólidos gerados, da disposição em aterros sanitários e lixões irregulares, para que possam ser reciclados. A utilização dos PEVs é uma atitude de conscientização ecológica”, explica a coordenadora de Limpeza Pública da Semduh, Lílian Guimarães.

O crescimento pela utilização dos Pontos é, em grande parte, graças ao cumprimento à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A Prefeitura de Teresina deixou de coletar e transportar os resíduos de grandes geradores de lixo da cidade, caracterizados como os estabelecimentos que produzem acima de 60 quilos de lixo diariamente, podendo ser shoppings, restaurantes, bares e demais empreendimentos.

É por isso que o gerenciamento adequado de resíduos traz economia para empresas e repartições, uma vez que proporciona a redução de resíduos descartados. Com o devido gerenciamento, surge a conhecida política dos 3Rs: Redução, Reutilização e Reciclagem.

“O espírito da lei é promover a reciclagem. Temos alertado aos estabelecimentos que se eles tirarem os produtos recicláveis do que produzem isso já diminui no peso. E nós percebemos que a partir do momento que eles viram que isso era o melhor para eles, a reciclagem começou a ser feita ainda com maior frequência. É um trabalho também de conscientizar que essa seleção deve acontecer. Hoje, acreditamos que o número de materiais reciclados é talvez o dobro que gerenciamos, porque muitos estabelecimentos fazem isso por conta própria”, finaliza Lílian Guimarães.

Justiça do Trabalho suspende subconcessão na Agespisa

16/05/2016 • 08:02
Da redação do Portal AZ

O Governo do Estado e a Prefeitura de Teresina recebem nesta semana a terceira decisão judicial que determina a suspensão imediata da licitação de subconcessão dos serviços de água e esgoto na capital. A informação é do Sindicato dos Engenheiros (Senge), o qual afirma que, o juiz do trabalho, Adriano Craveiro Neves, concedeu liminar no último dia 13 favorável à ação civil pública da categoria e do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Piauí (Sintepi).



De acordo com a decisão (foto acima) do juiz do trabalho, Adriano Neves, a subconcessão representa a terceirização das atividades-fim da Agespisa e o descumprimento da decisão implicará em multa de R$ 500 mil ao órgão, valor que também foi estipulado caso os gestores da empresa decidam por qualquer meio terceirizar suas atividades-fim.

Na ação civil pública, os sindicatos afirmam que a subconcessão acarretará prejuízos para a população e que a substituição das atividades seria ilegal. Além disso, as duas categorias consideram que a lei municipal que autorizou o processo no saneamento básico da capital implicará na supressão total ou parcial das funções dos empregados, ferindo o disposto no art. 468 da CLT.

O juiz estadual Aderson Nogueira e o juiz federal Adonias Carvalho Neto já haviam ordenado a suspensão da licitação da subconcessão. Aderson Nogueira considerou ilegítimo que apenas Teresina faça a autorização ao estado sem consultar os municípios que compõem a microrregião e a Região Integrada de Desenvolvimento da Grande Teresina.

Já o juiz federal Adonias Carvalho atendeu a um pedido da construtora Jole, por já ter ganho uma licitação do Governo do Estado para prestar serviços de saneamento e esgotamento na zona Sudeste. Segundo o entender do magistrado, a nova licitação (subconcessão) englobaria toda Teresina, inclusive a área já licitada.

"As justiças estadual, federal e agora do trabalho determinaram a suspensão da subconcessão. O governo deveria se unir aos trabalhadores da Agespisa e aos sindicatos e adotar uma medida de recuperação da empresa, mas parece não ser do seu interesse. Estamos no meio das discussões de um acordo coletivo de trabalho, e o Sindicato dos Engenheiros propôs uma ação de recuperação da empresa, colocando de lado a subconcessão, mas o presidente da Agespisa não se manifesta favorável à proposta. Esperamos que a justiça se sobressaia e esse projeto maldoso para profissionais e a população em geral seja enterrado", criticou Florentino Filho, presidente do Sindicato dos Engenheiros.

Forte chuva derruba árvores e alaga avenidas em Teresina

15/05/2016 • 11:16
Da Redação do Portal AZ

A forte chuva que caiu em Teresina na noite deste sábado (14) derrubou árvores nas principais vias da cidade, além de deixar várias avenidas alagadas. A chuva começou por volta das 20h30 e muitos moradores, principalmente da zona Leste da capital, registaram os estragos deixados pelos fortes ventos e a força da água.   



Já no início da noite, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) sinalizava na BR uma árvore que caiu e interditou parte da João XXIII.  Para evitar acidentes, os motoristas que trafegavam na via tiveram que fazer retornos na altura da Avenida Centenário. 

Moradores do bairro Usina Santana denunciam também uma árvore que invadiu metade da pista em uma curva, próximo à sede do Clube da Ordem do Advogados do Piauí. Os motoristas que trafegam no local pedem que a Prefeitura tome providências logo para evitar acidentes.



Também na zona Leste, a chuva causou grandes alagamentos na região da Universidade Federal do Piauí. As ruas que cortam a instituição deu lugar a fortes correntezas. Os moradores da região alertam que sempre que há fortes chuvas, a situação é a mesma.

Faxina nos Bairros já retirou mais de 3,3 toneladas de lixo de Teresina

15/05/2016 • 08:40
Da Redação do Portal AZ

A Faxina nos Bairros, realizada pela Prefeitura de Teresina aos sábados, tem cumprido o seu papel de identificação e retirada de focos de mosquito Aedes aegypti, como também tem identificado nas residências focos de possíveis  outras doenças. Neste sábado (14), a equipe da Gerência de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde (FMS), localizou uma criação de pombos dentro de uma casa no bairro Cidade Leste, zona Leste da cidade.

Veterinários orientam sobre combate ao Aedes durante Faxina dos Bairros

De acordo com a gerente de Zoonoses, Oriana Bezerra, pombos podem causar uma série de doenças aos humanos. “Nós não recomendamos a criação de pombos nas residências, pois eles podem transmitir várias doenças como alergias, salmonelose, criptococose, dermatites, entre outras. A forma mais comum de infecções causadas pelos pombos é feita pelas vias respiratórias, através da inalação das fezes secas depositadas nos mais variados lugares, como em carros, chãos, janelas e calçadas. Porém, outro modo de contaminação é através do piolho dos pombos, que podem cair sobre as pessoas quando eles voam. Então, nosso dever é informar ao cidadão sobre os cuidados a serem tomados para evitar doenças”, explicou Oriana.

Neste sábado foram contemplados com a Faxina os bairros Nova Brasília (Norte), Santo Antônio (Sul), Cidade Leste (Leste), Todos os Santos (Sudeste) e povoado Bela Vista, na zona rural da cidade.

A Faxina nos Bairros tem sido uma das ações realizadas pelo poder público municipal, em parceria com a população para retirada de focos do mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Em 18 edições da atividade, foram recolhidas 3.395 toneladas de lixo da cidade. A ação já abrangeu mais de 70 bairros da zona urbana e rural da capital.

A dona de casa Edna da Conceição não perdeu tempo e colocou todos os depósitos que poderiam virar criadouro de mosquito na porta da sua residência para ser recolhido pelas equipes de limpeza da Preferira de Teresina. “Ação muito importante que tem focado na saúde da população. Aproveitei para fazer uma limpeza no meu quintal e colocar tudo que pudesse acumular água para fora. E além de ajudar na limpeza, ainda ganhei uma muda de planta. Fiquei bastante satisfeita com a ação”, disse.

A Faxina nos Bairros tem contado com a parceria do Projeto Caminhão Verde. A equipe de Arborização da Prefeitura de Teresina distribui gratuitamente durante a atividade mudas de plantas nativas e frutíferas. “O Caminhão Verde esteve no bairro Cidade Leste, uma oportunidade para as pessoas além de manterem suas casas livres do mosquito Aedes aegypti, contribuírem com a arborização da cidade”, afirmou Smithiany Barros, diretora de Ações Assistenciais da FMS.

Ponte Wall Ferraz ficará interditada neste domingo

15/05/2016 • 08:21
Da Redação do Portal AZ

Para que sejam realizadas obras de alargamento na Ponte Wall Ferraz, ela será interditada nos dois sentidos neste domingo (15), das 6h às 18h. Todo o acompanhamento do trânsito será realizado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).



De acordo com o diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, a interdição vai acontecer para que seja realizada mais uma etapa de na obra de alargamento da ponte. “Estaremos com os nossos agentes de trânsito para orientar os condutores e com isso evitar maiores problemas na circulação de veículos na área”, disse.

O diretor reforça ainda que é importante que as pessoas que costumam circular pela Ponte Wall Ferraz busquem rotas alternativas durante o período da interdição. “Essa é uma ação necessária para que seja feito o serviço o aumento das vigas, por isso não é possível a circulação de veículos no local. Orientamos para que os condutores fiquem atento a essa mudança”, finalizou.
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. »
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2016