RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca

MEC anuncia liberação de R$ 41,86 milhões para educação no Piauí

05/05/2016 • 16:32
Da redação do Portal AZ

O secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, anunciou a liberação de R$ 41,86 milhões para execução do Programa Brasil Alfabetizado (EJA), EJA - Ensino Médio Rural, Pronatec e formação continuada de professores. As ações serão desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em parceria com o governo federal.



Desse total, R$ 37 milhões serão utilizados na execução da primeira etapa da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Programa Brasil Alfabetizado no Piauí, dada a urgência de atendimento de milhares matrículas realizadas previamente pela Seduc. Com essa liberação, entre custeios (R$ 11 milhões) e bolsas para professores e coordenadores de turma (R$ 26 milhões), será possível atender os 48 mil alunos de alfabetização de jovens e adultos.

“E é por isso que se torna tão necessária a autorização para remanejamento dos referidos recursos de forma a apoiar o Estado em ações imprescindíveis ao processo de alfabetização, tais como: merenda, material didático e transporte escolar”, afirma Rejane Dias.

Ainda durante audiência com o governador Wellington Dias e a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, foram discutidos programas para o estado. “Esse é o dever que temos para reparar uma dívida social histórica com os que não tiveram acesso ao domínio da escrita e leitura como bens sociais, e assim, possibilitar a efetivação de ações de elevação de escolaridade e inclusão social”, completa a secretária.

Rural

O MEC anunciou, ainda, o pagamento de pendências da gestão passada dos seis meses restantes de algumas turmas de EJA  - Ensino Médio Rural, Caminhando para o Futuro, de 23 municípios, no valor de R$ 3 milhões 560 mil.

Outra boa notícia, segundo Rejane Dias, foi a liberação de R$ 1,3 milhão para formação inicial e continuada de professores de Português e Matemática, das séries iniciais, finais, Ensino Médio e professores de jovens e adultos e para o sistema prisional.

Também devem ser liberados, nos próximos dias, recursos para atender a educação profissional  técnica (Pronatec) de nível médio e cursos de formação inicial continuada, no âmbito da bolsa formação.

Rede e-Tec
A secretária Rejane Dias solicitou, durante o encontro, repasse financeiro referente à oferta de vagas de cursos médios Educação à Distância para o ano de 2016, com o intuito de garantir a execução desse programa para a comunidade.

Rejane solicitou, ainda, adesão de novas edições do Programa Projovem Urbano tanto em nível de Ensino Fundamental quanto em nível Médio. “Tendo em vista que já temos cadastros de pré-matrículas já efetuadas tanto em nível de Ensino Fundamental quanto de Ensino Médio (7,5 mil pré-matrículas para o Projovem Urbano e dez mil pré-matrículas para Projovem de Ensino Médio).”, explica a gestora.

Governador deve receber servidores da Uespi para discutir reivindicações

05/05/2016 • 12:12
Da redação do Portal AZ

(Atualizado às 13h05)
 
Professores, técnicos e estudantes da Universidade Estadual do Piauí se reuniram na manhã desta quinta-feira (05) em assembleia na Praça do Fripisa para discutir sobre a greve deflagrada no último dia 18 de abril. Os manifestantes seguiram o protesto para o Palácio de Karnak reivindicando contra a falta de estrutura e de recursos humanos para o funcionamento básico da universidade.
 

Cerca de 300 pessoas, dentre eles, docentes e discentes da Uespi, de Teresina e do interior do estado participaram do movimento. Eles seguiram em passeata pelo Centro de Teresina enquanto alguns representantes da Adecesp aguardaram no Karnak onde foram recebidos pelo secretário de Governo, Merlong Solano.

A categoria pediu na reunião que fosse recebido pelo próprio governador do Estado, Wellington Dias (PT), para apresentar a ele as reivindicações e resolver a situação dos grevistas. O secretário informou que esse encontro deve acontecer na próxima terça-feira (10).
 


“Conversei com o governador e ele me confirmou que poderá se reunir com a categoria na próxima terça, e ele mesmo vai poder apresentar a situação do Estado para os professores em greve e mostrar o que pode ser feito em relação a suas reivindicações”, declarou.

Merlong Solano afirma que mesmo negociando com a categoria, o governo não irá tomar nenhuma atitude que prejudique as finanças do governo. “Até agora não atrasamos os salários de nenhum servidor e alguns estados estão passando por isso. Não podemos tomar nenhuma atitude que comprometa as finanças e vamos continuar assim”, explicou.
 

 

Dentre as reivindicações está inclusa ainda a implantação imediata das promoções, progressões e mudanças de regime de trabalho dos docentes e técnicos administrativos; reformulação do Plano de Cargo e Salários dos técnicos administrativos; autonomia financeira da UESPI; concurso para docentes e Técnicos e o pagamento imediato de todas as bolsas atrasadas dos estudantes da UESPI.

 

MEC apresenta segunda versão da Base Nacional Comum Curricular

03/05/2016 • 14:59
O Ministério da Educação (MEC) apresentou nesta terça-feira (3) a segunda versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O documento tem a meta de determinar conteúdos mínimos que os alunos das 190 mil escolas do país terão que aprender a cada etapa da educação básica.

O documento preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi apresentado em 16 de setembro de 2015. O documento preliminar ficou disponível para envio de sugestões até o dia 15 de março e recebeu mais de 12 milhões de contribuições de instituições, educadores e público em geral.

A BNCC é considerada fundamental para reduzir desigualdades na educação no Brasil e países desenvolvidos já organizam o ensino por meio de bases nacionais.

G1

MECFlix libera acesso a videoaulas preparatórias para o Enem

02/05/2016 • 15:47
O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta segunda-feira (2) a plataforma online de vídeoaulas ‘MECFlix’, que servirá como ferramenta de preparação para o Enem. De acordo com o ministério, cerca de 600 vídeos produzidos por parceiros poderão ser utilizados por todos os estudantes que realizarem cadastro gratuito no site. O nome do conjunto de videoaulas faz referência ao ‘Netflix’, que transmite filmes e séries via streaming.

A iniciativa faz parte do projeto "Hora do Enem", que é uma plataforma de estudos na qual os estudantes podem se cadastrar para acompanhar o MECFlix, montar um plano de estudos e realizar simulados online. Entretanto, ao contrário do MECFlix que tem acesso irrestrito, os simulados só são liberados para alunos concluintes do 3º ano do ensino médio.

G1

Mais de dois mil estudantes participam da 1ª revisão do ENEM

01/05/2016 • 14:44
Mais de dois mil estudantes participaram neste domingo (1°), dia do Trabalhador, da primeira revisão “Pré-Enem” da Secretaria de Educação do Piauí - Seduc, no Atlantic City, em Teresina.



Além da atividade presencial na capital, outras 300 salas no interior do estado transmitiram as aulas que também tiveram transmissão via TV Antares e no YouTube. Quem assistia à revisão pela mediação tecnológica teve a oportunidade de participar da atividade através da equipe de educação tecnológica que recebia perguntas por texto ou via de tele conferência.

O coordenador do “Pré-Enem” da Seduc, professor Wellington Soares, comentou sobre as atividades para o ano de 2016. “A novidade para este ano é que as revisões serão levadas para as cidades do interior, municípios como Parnaíba, Picos e Floriano receberão revisões como a de hoje. Além disso, levaremos também essa revisão para os detentos, os apenados nos presídios” disse Soares.
 
A estudante do Centro de Educação Profissional Professor Ruy Leite Berger Filho, Ana Valéria Pereira, falou da importância de ações como a deste domingo. “Para mim que faço o terceiro ano, essa revisão é muito importante, pois pretendo cursar Direito e entre as principias disciplinas no Enem estão história, português e redação”, afirma Ana Valéria.

A secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, participou da atividade e ressaltou que essa é uma grande prioridade. "Oferecer essas grandes revisões para os nossos alunos da rede estadual de educação se prepararem para ingressar no ensino superior através do Enem é de suma importância”, disse Dias.

A secretária informou ainda que a Seduc lançará um aplicativo para dispositivos móveis com a finalidade de ajudar os alunos com simulados e conteúdos para os estudantes que forem prestar o exame.


Fonte: CCOM
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. »
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2016