RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca

Médico dá dicas para adaptação ao fim do horário de verão

14/02/2016 • 15:55
O horário de verão acaba no próximo domingo (21), quando os relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Pessoas que costumam sofrer com as alterações no horário devem começar a se preparar desde já para não sentir tanto os efeitos da mudança.

A principal medida para minimizar os efeitos do fim do horário de verão é atrasar gradualmente a hora de dormir, de acordo com o neurologista Ricardo de Campos. Segundo ele, o ideal é fazer a mudança de forma fracionada, indo dormir cinco minutos mais cedo a cada dia, durante, pelo menos, uma semana.

“Aí, quando chegar a hora da mudança, o corpo não vai sentir. O fracionamento progressivo talvez tenha menos impacto do que uma mudança abrupta de uma hora, que pode levar a  um sono anormal”, explica. Outra dica do especialista é evitar alimentos e bebidas estimulantes durante a noite, como refrigerantes com cafeína.

Pessoas com problemas cardíacos, endócrinos ou pressão alta podem sofrer mais com as alterações de horário, de acordo com o especialista. “Ou a pressão sobe, ou a arritmia pode ficar mais sintomática, ou até mesmo alterações do rendimento de trabalho por irritação, alterações do humor, tudo o que a gente conhece com o sono alterado para mais ou para menos”, diz.

Idosos podem enfrentar maiores obstáculos para a adaptação, levando até um mês para se adequar ao novo horário. “Boa parte dos idosos tem dificuldade para se beneficiar de um sono mais reparador, e, com qualquer alteração mínima, ele pode ter problemas para a  mudança por até um mês”, afirma Campos.

O principal objetivo do horário de verão é aproveitar melhor a luz solar durante o período do verão, além de estimular o uso consciente da energia elétrica. Entre os meses de outubro e fevereiro, os dias têm maior duração nas regiões subtropicais, por causa da posição da Terra em relação ao Sol. Com o adiantamento de uma hora nos relógios, há uma redução no consumo de energia elétrica durante o período de maior demanda de energia.

A atual edição do horário de verão começou no dia 18 de outubro nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A expectativa do governo é economizar R$ 7 bilhões, que representa o valor que teria de ser investido no sistema elétrico para atender a um consumo maior.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, nos últimos dez anos, a medida tem possibilitado  redução média de 4,5% na demanda por energia no horário de maior consumo e uma economia absoluta de 0,5%, o que equivale, em todo o período do Horário de Verão, a aproximadamente ao consumo mensal de energia da cidade de Brasília, com 2,8 milhões de habitantes.

Agência Brasil

Dança das cadeiras deve começar esta semana

14/02/2016 • 15:40
Os eleitores de todo o país poderão ver, nos próximos dias, parlamentares em um troca-troca de partidos. Com a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição 182/2007 marcada para o próximo dia 18, será aberto espaço para que os candidatos às eleições deste ano, que exercem mandatos de deputados ou vereadores, mudem de legenda.

Especialista em direito eleitoral, o advogado Luciano Santos aposta que, associada às eleições municipais, a nova regra provocará mudanças significativas. “Existem muitos políticos que querem mudar de partido para ter melhor situação nas eleições. Mesmo no cenário nacional tem ocorrido mudanças em função da situação política do país. Teremos uma grande dança das cadeiras”, disse.

Santos é também diretor do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, formado por 46 entidades que acompanharam o debate em torno da reforma política. O grupo defendia um texto diferente do acabou sendo aprovado em dezembro do ano passado no Senado.

“A janela vem contra os direitos da sociedade e enfraquece os partidos. Todas as emendas  apensadas trabalhavam no sentido contrário, de ter uma sanção para quem muda de partido. E acaba sendo aprovada uma janela deixando todo mundo à vontade para fazer troca de partidos, sem qualquer compromisso com o voto do eleitor. O eleitor acaba sendo mais uma vez desprestigiado do seu voto”, afirmou.

O argumento de parlamentares favoráveis à mudança era o de evitar que sejam criados partidos políticos apenas para abrigar parlamentares insatisfeitos com suas atuais legendas. Pelas regras atuais, os parlamentares só podem mudar de partido, sem correr risco de perder o mandato, se forem para uma legenda recém-criada, exceto no caso de eleições majoritárias, como senadores e prefeitos.

O advogado lembra que muitas vezes o eleitor vota em um candidato pensando no partido. “Agora o candidato pode mudar de partido sem consequências”, completou, lembrando que até a promulgação da Emenda à Constituição quem mudava de partido perdia o direito ao mandato.

A janela para mudança de partido sem que os parlamentares percam o mandato é um dos pontos da emenda constitucional que trata da reforma política. O texto foi aprovado pela Câmara dos Deputados, mas ainda precisa do aval de senadores sobre pontos que tratam, por exemplo, do fim de reeleição para presidente, governador e prefeito. As propostas ainda estão sendo analisadas pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Casa.

“Não avançou nada do que era esperado. Só se consegue obter consenso no que é conveniente para os parlamentares. Buscamos uma reforma mais consistente e profunda. Num ano eleitoral é mais difícil, e nossa expectativa não é muito grande”, disse Santos.

Agência Brasil

Banda da Guarda Presidencial toca rock e punk, após troca da bandeira

14/02/2016 • 15:24
Esqueça as apresentações formais e restritas a hinos nacionais e militares de bandas marciais das Forças Armadas. O público presente na cerimônia de troca da bandeira, na manhã de hoje (14), na Praça dos Três Poderes, ouviu mais do que a execução de temas protocolares de eventos militares. Após o encerramento da cerimônia, a Banda de Música do Batalhão da Guarda Presidencial iniciou um repertório de rock, punk e temas dançantes.

O público se juntou para filmar e tirar fotos quando a banda tocou The Final Coundown, música de 1986, da banda de rock Europe. Em seguida, a banda surpreendeu alguns presentes ao executar a trilha sonora da série de TV Game of Thrones, além de Get Lucky, do grupo de música eletrônica Daft Punk.

Apesar de surpresa de alguns, a ideia não é nova. A banda do toca músicas populares em diversos eventos. Os músicos tocaram o tema do filme Star Wars, após uma troca de guarda, no Palácio do Planalto, no início do ano. A apresentação é feita todas as sextas-feiras, e pode ser vista por quem visita o Palácio.

O regente da banda, Subtenente Jonas, destaca o papel da banda em aproximar o Exército da população. “Essa é, na verdade, a nossa essência. Nós, através da música, somos um elo entre a população e o Exército”, disse Jonas. O regente, inclusive, pedia – e recebia – aplausos para a banda, algo impossível durante as cerimônias oficiais e execução de hinos.

Agência Brasil

Professora tenta furtar alimentos e inseticida para trocar por crack

14/02/2016 • 15:08
Uma professora de 50 anos foi presa em flagrante, após tentar furtar um supermercado na Vila Roberto, em Presidente Prudente. Conforme o Boletim de Ocorrência, a mulher foi detida por uma funcionária do local, que acionou a Polícia Militar.

Ainda segundo o registro, a indiciada já "é conhecida" pela prática de furtos e quando foi vista dentro do supermercado foi acompanhada pela funcionária, que a viu "saindo rapidamente" do local, segurando a bolsa junto ao corpo.

Ao ser abordada, foi pedido para que ela mostrasse o conteúdo de sua bolsa, "momento em que a funcionária localizou os objetos". Diante da situação, a professora confessou o furto. Com ela havia dois pacotes de refresco, 1,232 quilo de picanha, leite em pó, atum enlatado, cinco frascos de inseticida e ração para cachorros.

A mulher foi levada para a Delegacia Participativa. Ela relatou também que é usuária de crack e que trocaria o material pela droga. O delegado de plantão ratificou a prisão em flagrante por tentativa de furto. Foi arbitrada fiança de R$ 900, que foi apresentada pela indiciada. Ela responderá pelo crime em liberdade.

Todo o material foi devolvido ao supermercado.

G1

Veja a celebração de Valentine's Day pelo mundo

14/02/2016 • 14:52
O Valentine's Day, Dia de São Valentim, data que corresponde ao Dia dos Namorados, que é comemorado no dia 12 de junho no Brasil, é comemorada neste domingo (14) em diversos países no mundo.

Casal tira uma selfie perto de um papel em forma de coração decorado num mercado de flores no Valentine's Day em Islamabad, no Paquistão. (Foto: Faisal Mahmood/Reuters)

Há várias histórias envolvendo São Valentim. A mais popular delas é que, durante o Império Romano, quando era bispo, São Valentim foi proibido de realizar casamentos pelo imperador romano Claudius II. Mesmo assim, ele continuou com as celebrações de forma secreta, mas acabou preso e condenado à morte. Na prisão, teria recebido correspondências de casais apaixonados. São Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro do ano 270.

Moradores do Cazaquistão soltam balões durante o Valentine's Day na pista de patinação Medeo, em Almaty.  (Foto: Shamil Zhumatov/Reuters)

Homem doa sangue em hospital durante a campanha ''Give Blood Give Love'' (dê sangue, dê amor) para celebrar o Valentine's Day, em Phnom Penh, no Camboja. (Foto: Samrang Pring/Reuters)

Sakda Kulpanish, de 58 anos, e sua noiva, Chongchit Chomworapong, de 56, durante casamento em Bangrak, distrito de Bangcoc, na Tailândia (Foto: Athit Perawongmetha/Reuters)

Mulher nicaraguense vende flores em um mercado local de Managua no Valentine's Day (Foto: Oswaldo Rivas/Reuters)

Esculturas de vacas se beijam na cidade de Nowra, ao sul de Sydney, na Austrália. As esculturas de vagas se tornaram tradição para marcar a data no país (Foto: David Gray/Reuters)

Casais aproveitaram para se casar, patinar no meio de balões, doar sangue ou até encenar um duelo de esgrimas em disputa por uma mulher. O G1 reuniu imagens das celebrações na Rússia, Paquistão, Cazaquistão, Camboja, Tailândia, Nicarágua, Austrália e Letônica.

G1
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2016