RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca

Preso denuncia que foi torturado pela polícia e fugiu para não ser morto

08/08/2012 • 10:17
Por Anselmo Moura

Atualizada às 12h05

Em entrevista coletiva, o preso Abraão Filho, acusado de integrar o bando do ex coronel Correia Lima denunciou que foi preso injustamente pela segunda vez e afirma ter sido torturado pela polícia do Piauí, na época de sua primeira detenção, ainda na década de 90. O acusado alega que fugiu do Piauí para não ser assassinado


Membro do bando do ex-coronel Correia Lima é apresentado na CICO

Será apresentado nesta quarta-feira (8) o integrante do bando do ex-coronel da Polícia Militar José Viriato Correia Lima, Abraão Rodrigues Viana Filho. Ele foi preso no dia três de julho, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Abraão chegou a Teresina na madrugada de hoje. A apresentação do acusado será feita na sede da Comissão Investigadora do Crime Organizado (CICO).

Abraão Filho é suspeito de participação no assassinato dos corretores Hélio Araújo Silva e Einaldo Liberal Xavier. Os dois foram mortos e carbonizados. O crime ficou conhecido como “Caso dos Queimados”.

O membro do bando de Correia Lima estava foragido desde 1999. Abraão Filho foi preso na Zona Oeste do Rio, onde era proprietário de uma loja de veículos.

Matéria relacionada:
‘Caso Queimados’: Integrante do bando de Correia Lima é preso no Rio
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2016