Juiz Olímpio Galvão é o novo Desembargador do TJ-PI

 O mais novo Desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), Olímpio Galvão, tomou posse administrativa na manhã desta quarta-feira (16/05). O ato foi presidido pelo Chefe do Poder Judiciário, Desembargador Erivan Lopes. Olímpio Galvão chega ao TJ-PI pelo critério de antiguidade, para ocupar a 20ª vaga de Desembargador, criada recentemente.

 “Hoje recordo de quando aqui cheguei ao Tribunal com meus 26 anos. Na época tinha a esperança de realizar alguma coisa pela Justiça do Piauí e assim o fiz. Passados muitos aqui retorno com o sonho realizado de ser Desembargador. Sei nos grandes desafios que encontrarei no 2º grau, mas sei também que estou preparado. A todos muito obrigado”, afirmou o Desembargador Olímpio Galvão.

O Presidente Erivan Lopes revelou que do dia em que a resolução criando a 20ª vaga de Desembargador foi aprovada até o dia de hoje, data da posse, passaram apenas 36 dias. Para ele, isto representa o estilo de sua gestão.

“Tudo foi muito rápido, célere, com têm sido nossas ações, e com resultados práticos. O nobre Desembargador aqui vai encontrar um Tribunal estruturado para melhor atender aos interesses da sociedade. seja bem vindo”, pontuou o Presidente.

A posse solene do Desembargador Olímpio Galvão acontecerá dia 13 de julho, no auditório do Tribunal de Justiça do Piauí.

INSS reduzirá agendamento presencial a partir do dia 21
A partir de segunda-feira (21), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixará de agendar o atendimento presencial para salário-maternidade e aposentadoria por idade urbanos. Agora, o segurado deverá acessar o Meu INSS ou ligar para o 135 e, em vez de agendar uma data para ser atendido, receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento.

Atualmente, o segurado precisa agendar uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Com o novo modelo, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135 e, somente se necessário, será chamado à agência.

Nos casos em que as informações previdenciárias necessárias para o reconhecimento do direito já constarem nos sistemas do INSS, será possível então a concessão automática do benefício, isto é, a distância.

Segundo o INSS, com a mudança, não haverá mais falta de vaga e, caso precise ir a uma agência para apresentar algum documento, o cidadão terá a garantia de ser atendido perto da residência. O instituto diz ainda que a mudança representa o fim do tempo de espera para ser atendido.

Atualmente, o Meu INSS tem mais de 7 milhões de usuários cadastrados e é acessível pelo computador ou celular. O sistema, que está sendo aprimorado, conta com um canal que permite ao cidadão acompanhar o andamento do seu pedido sem sair de casa, consultar extratos e ter acesso a outros serviços do INSS.

O instituto vai ampliar cada vez mais a lista de serviços agendáveis. A partir do dia 24, serviços que antes eram prestados somente no atendimento espontâneo serão realizados com dia e horário marcados, bastando fazer seu agendamento pelo Meu INSS ou o telefone 135.

Pensamento do dia!!!