Revista Eletrônica do Blogdoribinha

Resumo da semana

Obras paralisadas
Obras paralisadas

Parou por que?

O blog está em busca de informações mais apuradas e oficias para confirmar os motivos da paralisação de uma importante obra em Timon executada por convênio com o governo estadual. Entre várias especulações sobre a paralisação, existe a informação não confirmada oficialmente, de que um dos pavimentos foi comprometido estruturalmente na construção, constatada através de laudo técnico.

A obra já foi alvo de discurso de vereadores na Câmara e um vereador da base do governo chegou a afirmar que a paralisação da obra foi por “problemas técnicos”, mas não entrou em detalhes de que problemas seriam esses.

Mas já existe quem afirme que a obra, que deveria ter sido concluída em novembro do ano passado está precisando de “aditivo” para ser concluída. O prazo de conclusão seria em 4 meses, ou seja, 240 dias, segundo a placa afixada no local.

Onde vamos parar?

Um coisa tem muito a ver com a outra. À medida que aumenta a violência urbana, notadamente com a prática de roubos, assaltos e outros, a impunidade cresce. Pois é comum nas ruas bandidos reincidentes na prática de delitos.

Funciona mais ou menos assim. O bandido assalta, a polícia prende, a justiça solta e ele volta a praticar os delitos novamente.

Ex-presidente do Interpi, José Osmar
Ex-presidente do Interpi, José Osmar

Com trânsito em Timon

Pouca gente sabe disso, mas o promotor José Osmar Alves, mantinha bom trânsito com personalidades do MP e da política local de Timon durante sua permanência no Instituto de Terras do Piauí, cargo que teve que pedir exoneração no ano passado em decorrência da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir que procuradores e promotores assumam funções no Executivo sem deixarem o Ministério Público.

Salários atrasados

Alguns servidores da Coopmar receberam o mês de fevereiro e estão na expectativa de receber o salário referente ao mês de março deste ano.

Na Secretaria de Administração, por exemplo, no site da transparência, aparecem pagamentos feitos à Coopmar até o dia 17 de março deste ano no valor de 886 mil reais.

Na Secretaria de Educação o último repasse feito à Coopmar foi no dia 14 de março no valor de 740 mil para pagamento da folha dos cooperados referente à fevereiro. Este ano a Semed já repassou à Coopemar mais de 3 milhões e 100 mil reais para pagamento de folha dos salários em atraso.

Mega On

Enquanto a Coopmar deixa Timon, a nova empresa terceirizada assume o posto de absorver a mão de obra de administrativos, vigias, zeladores e outros antigos cooperados que passam a ser a partir de agora terceirizados.

A empresa já está instalada em Timon na Avenida Teresina esquina com a Rua Antonio Marques, no Parque Piauí.

Faturamento

A empresa terceirizada fez a sua primeira fatura no valor de 1 milhão e 700 mil reais na Secretaria de Educação, segundo a nota de empenho e pagamento o valor é referente à prestação de serviços de manutenção de apoio administrativo, limpeza e conservação e outros serviços em cárater complementar para atender as demandas da Secretaria Municipal de Educação conforme pregão presencial nº 09/17 contrato nº 30/2017.

O pagamento foi executado no dia 12 de abril, mas não especifica qual mês estaria sendo pago, acredita-se que esse valor ainda seria resíduo de pagamentos atrasados deixados pela Coopmar.

Paciente aguarda para atendimento no chão da UPA de Timon
Paciente aguarda para atendimento no chão da UPA de Timon
As macas na UPA: antes e após a reclamação
As macas na UPA: antes e após a reclamação

Cena degradante

O leitor Márcio Alves enviou a imagem que seria de homem agonizando em busca de atendimento médico na Upa de Timon.

O homem está deitado no chão da recepção da UPA aguardando atendimento do setor de emergência daquela casa de saúde que a cada sofre mais com reclamações sobre falta de atendimento da população.

Maca suja de sangue

Em outro caso, relatado nas redes sociais no dia 27 deste por Claudio Matos, ele protesta contra a sujeira e a insalubridade na maca onde os pacientes que irão se submeter a Raio X.

Segundo o internauta, a maca estava em situação deplorável e suja de sangue levando risco aos pacientes.

Em post no dia 29, a diretora da UPA Ana Patrícia Bringel, também nas redes sociais, exibia a nova maca para o setor afirmando que a mudança do equipamento já estaria na sua programação de gestão daquela casa de saúde.

Escola com mais de 80 alunos numa sala

O governo se gaba de ter feito reformas, climatização e outros feitos na gestão da educação municipal, mas em alguns colégios, alunos estão passando pela agonia de estudar numa sala com mais de 80 alunos.

Na Escola Ney Rodrigues, por exemplo, a informação é a de que a reforma de salas sofreu avarias, as paredes racharam e ninguém – nem professor nem aluno-, que ficar debaixo para ver o resultado.

Com isso, alunos estão sendo absorvidos por outras salas de aulas e coisa tá feia, tanto para alunos quanto para os professores, que ainda tem vontade de ensinar.

Custo alto

A Semed gastou nos três primeiros meses de 2017 mais de 66 mil reais com o pagamento de serviços prestados na manutenção preventiva e corretiva, com substituição de peças e acessórios relativos a aparelhos de refrigeração das escolas municipais, conforme pagamento executado no 23 de março deste com recursos do Fundeb.

Moradores da Rua 13 correm de inundação
Moradores da Rua 13 correm de inundação

Leitora quer solução para alagamento

Bom dia!!

Tem como o senhor divulgar essas fotos, no seu blog, olha aí tanto que galeria da Rua 13 prejudica os moradores, depois que esses muros caíram a situação está, pior,,,

Essa foi na noite de ontem só com aquele sereno

Única coisa que as autoridades estão fazendo e dando aluguel de 4 mês, mas nós queremos e a construção da galeria para evitar alagamento das casas.

Relata Helena Cristina.

O local relatado pela moradora sofreu no início deste mês com uma enchente devastadora que causou prejuízos a mais de 200 famílias e algumas delas perderam tudo.