Gestão irresponsável: Garis de Timon estão sem receber salários há quase dois meses

Além da punição por o trabalho árduo a falta de pagamento

Garis com salários atrasados
Garis com salários atrasados
Garis (mulheres) sem receber há quase dois meses
Garis (mulheres) sem receber há quase dois meses
Expostos ao perigos às doenças da profissão
Expostos ao perigos às doenças da profissão

Qualquer profissão é digna, desde que seja reconhecida sua dignidade. Alguns desprezam determinadas pessoas por exercerem funções extremas, mas esquecem de que essa extremidade é funcional e importante para a cidade.

É o caso dos garis, homens e mulheres, que se dedicam diuturnamente na limpeza da cidade. Sol a pino, enfrentando as condições mais insalubres existentes no meio ambiente e exposto aos perigos e risco de vida ao contrair uma doença que pode ser transmitida pelo lixo coletado das ruas.

Mas o que dizer desses agentes públicos quando eles não têm seu trabalho reconhecido e o gestor deixa de pagá-los em detrimento de outras categorias, que na maioria das vezes realizam suas funções sentadas em cadeiras acolchoadas e em salas refrigeradas.

Em Timon os garis ainda não receberem o salário de outubro, que deveria se pago, segundo a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), a dia o 5º dia útil do mês subsequente.

Talvez para o gestor que paga esse artigo da lei que obriga esse pagamento não tenha importância, ou atrasar os salários daqueles que limpam a cidade seja mais uma forma de agradar seus apaniguados políticos, sim pois esses receberam seus salários os garis não receberam.

Que tipo de gestor deixa de pagar pessoas pobres, necessitadas, trabalhadoras em detrimento de alguns, que sequer pisam no trabalho.

Isso não é ser desumano somente, mas irresponsável também!!!