1. Blogs
  2. Mãe de primeira
  3. Depois de quatro meses de licença é hora de voltar ao trabalho
Publicidade

Depois de quatro meses de licença é hora de voltar ao trabalho

Foi bastante dolorido voltar ao trabalho. Foi também muito gratificante voltar. É uma mistura de sentimentos do qual não sei explicar. 

Teve choro? Claro! Parece que deixei meu coração em outro lugar. E por mais que eu tivesse me preparado para esse momento e não estava preparada.

A separação dói. Eu sei que estão cuidando bem do meu pequeno, mas ficar longe dele, mesmo que seja 5 horinhas do meu dia é como se faltasse um pedaço de mim. Sei que ele já dormiu, mamou, está brincando com a tia dele, mas eu passei 4 meses junto dele, eu e ele, apenas nós e essa distancia dói.

Ele drmiu bem na casa da vovó (Foto: Arquivo pessoal)

Mas deixei tudo preparado para ele na casa da avó paterna. Roupas, brinquedos, até fraldinhas com cheirinho da mamãe ficaram. Pelas fotos que estou recebendo quem está sofrendo sou eu. Ele esta super bem!

Mas o melhor desse dia foi à volta para casa. Quando entrei no quarto que falei, ele ainda de costas sem me ver ficou eufórico e abriu o sorriso. Quando me viu os olhinhos dele brilhavam, acho que nunca vi uma cena mais linda.

Tomou duas mamadeiras (Foto: Arquivo pessoal)

Voltei para casa e ele não quis mais largar de mim. Juro que ficou difícil até ir ao banheiro sem ele dá um chorinho. Estávamos com saudades um do outro. O Igor dormiu a tarde toda colado em mim, parecia eu ele não queria perder um minuto longe. 

A noite não consegui deixar ele no berço, pois quando ele sentia falta acordava. Então foi o jeito ele dormir entre o papai e a mamãe. Essa adaptação tem sido até tranquila.

E hoje (17), ele está completando 4 meses. Final de semana é dia de vacina, então a gente já sabe que vai ser um pouco cansativo. 

Novidades dos 4 meses: Descobriu os pés, ele adora. Já levanta o tronco com os braços quando está de bruços. Começou a rolar em alguns momentos. Adora “conversar” e gritar para chamar atenção. Faz o chorinho falso. Solta gargalhadas lindas. E a mão não sai da boca.

Também comemoramos seu mesversario! O tema foi o Poderoso Chefinho. Tia Diana, Madrinha Natashe, vovó Vera e vovô Fernando organizaram tudinho para a festinha! Segue algumas fotos:

Minha famllia e com os avós (Foto: Arquivo pessoal)

Com a tia e a madrinha (Foto: Arquivo pessoal)

Com a avó paterna e a tia Gláucia (Foto: Arquivo Pessoal)

Foi bastante dolorido voltar ao trabalho. Foi também muito gratificante voltar. É uma mistura de sentimentos do qual não sei explicar. 

Teve choro? Claro! Parece que deixei meu coração em outro lugar. E por mais que eu tivesse me preparado para esse momento e não estava preparada.

A separação dói. Eu sei que estão cuidando bem do meu pequeno, mas ficar longe dele, mesmo que seja 5 horinhas do meu dia é como se faltasse um pedaço de mim. Sei que ele já dormiu, mamou, está brincando com a tia dele, mas eu passei 4 meses junto dele, eu e ele, apenas nós e essa distancia dói.

Ele drmiu bem na casa da vovó (Foto: Arquivo pessoal)

Mas deixei tudo preparado para ele na casa da avó paterna. Roupas, brinquedos, até fraldinhas com cheirinho da mamãe ficaram. Pelas fotos que estou recebendo quem está sofrendo sou eu. Ele esta super bem!

Mas o melhor desse dia foi à volta para casa. Quando entrei no quarto que falei, ele ainda de costas sem me ver ficou eufórico e abriu o sorriso. Quando me viu os olhinhos dele brilhavam, acho que nunca vi uma cena mais linda.

Tomou duas mamadeiras (Foto: Arquivo pessoal)

Voltei para casa e ele não quis mais largar de mim. Juro que ficou difícil até ir ao banheiro sem ele dá um chorinho. Estávamos com saudades um do outro. O Igor dormiu a tarde toda colado em mim, parecia eu ele não queria perder um minuto longe. 

A noite não consegui deixar ele no berço, pois quando ele sentia falta acordava. Então foi o jeito ele dormir entre o papai e a mamãe. Essa adaptação tem sido até tranquila.

E hoje (17), ele está completando 4 meses. Final de semana é dia de vacina, então a gente já sabe que vai ser um pouco cansativo. 

Novidades dos 4 meses: Descobriu os pés, ele adora. Já levanta o tronco com os braços quando está de bruços. Começou a rolar em alguns momentos. Adora “conversar” e gritar para chamar atenção. Faz o chorinho falso. Solta gargalhadas lindas. E a mão não sai da boca.

Também comemoramos seu mesversario! O tema foi o Poderoso Chefinho. Tia Diana, Madrinha Natashe, vovó Vera e vovô Fernando organizaram tudinho para a festinha! Segue algumas fotos:

Minha famllia e com os avós (Foto: Arquivo pessoal)

Com a tia e a madrinha (Foto: Arquivo pessoal)

Com a avó paterna e a tia Gláucia (Foto: Arquivo Pessoal)

Minha experiência com a vacinação na rede particular A grande aventura de sair de casa com um bebê