1. Blogs
  2. Opinião
  3. Fundos Partidário e Eleitoral, excrescências a serem extintas
Publicidade

Fundos Partidário e Eleitoral, excrescências a serem extintas

O Brasil está na lona em termos de economia, isto é, o país está com crescimento negativo e se aproxima de uma recessão, quebrado financeiramente, de tal modo que, se encetarmos uma campanha nas redes sociais, para que os bilhões de reais das imoralidades que atendem pelos nomes de Fundo Partidário e Eleitoral, sejam todos, todos mesmos, destinados a salvar vidas nessa guerra contra a Pandemia do Covid-19,  e que a sociedade exerça a sua cidadania plena, fiscalizando a aplicação correta dessa montanha de dinheiro proveniente dos nossos impostos?

Vamos acabar de vez com essa imoralidade que é a compra de votos. 

A atividade parlamentar deve ser uma prestação de serviços aos pagadores de impostos não profissão de caráter hereditário. 

Dinheiro não dá em árvores. 

Quanto custa aos pagadores de impostos mensalmente, o mandato de um vereador ao contribuinte do município de Teresina?

E de um deputado estadual? 

Quem tem os números de quanto a Prefeitura de Teresina repassa mensalmente para Câmara de Vereadores? 

E os impostos pagos pelos contribuintes estaduais, alguém pode mensurar, quantos milhões são repassados mensalmente  para Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, para fazer jus às estafantes tarefas que deputados, exerçem no seus labores diários,  três vezes por semana ? 
É chegada a hora da verdade na maneira de se fazer política neste país. 

A obtenção de cada voto deve ser conquistado pelo poder de persuasão de cada candidato, junto ao eleitor, é o que basta. 

É isso.

O Brasil está na lona em termos de economia, isto é, o país está com crescimento negativo e se aproxima de uma recessão, quebrado financeiramente, de tal modo que, se encetarmos uma campanha nas redes sociais, para que os bilhões de reais das imoralidades que atendem pelos nomes de Fundo Partidário e Eleitoral, sejam todos, todos mesmos, destinados a salvar vidas nessa guerra contra a Pandemia do Covid-19,  e que a sociedade exerça a sua cidadania plena, fiscalizando a aplicação correta dessa montanha de dinheiro proveniente dos nossos impostos?

Vamos acabar de vez com essa imoralidade que é a compra de votos. 

A atividade parlamentar deve ser uma prestação de serviços aos pagadores de impostos não profissão de caráter hereditário. 

Dinheiro não dá em árvores. 

Quanto custa aos pagadores de impostos mensalmente, o mandato de um vereador ao contribuinte do município de Teresina?

E de um deputado estadual? 

Quem tem os números de quanto a Prefeitura de Teresina repassa mensalmente para Câmara de Vereadores? 

E os impostos pagos pelos contribuintes estaduais, alguém pode mensurar, quantos milhões são repassados mensalmente  para Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, para fazer jus às estafantes tarefas que deputados, exerçem no seus labores diários,  três vezes por semana ? 
É chegada a hora da verdade na maneira de se fazer política neste país. 

A obtenção de cada voto deve ser conquistado pelo poder de persuasão de cada candidato, junto ao eleitor, é o que basta. 

É isso.

A mudança radical no sistema penitenciário da Casa de Custódia com a nova direção Coronavírus - Caso Fortuito ou Força Maior