1. Blogs
  2. Murilo Noleto
  3. Jatinho, helicóptero e tapa na cara
Publicidade

Jatinho, helicóptero e tapa na cara

"Registro de preço para contratação de empresa especializada na prestação dos serviços de locação de aeronaves, por km/voo e por hora/voo, com disponibilidade do piloto, destinada a atender às necessidades de transporte aos órgãos do governo do estado do Piauí,  por ocasião da execução de atividades executivas oficiais que exijam procedimentos céleres em viagens no território estadual e no nacional, conforme especificações constantes no termo de referência-anexo l.

Traduzindo para a patuleia piauiense, escorchada que é, na maior carga tributária do Brasil.

O que foi acima, é o objeto de um pregão eletrônico publicado no Diário Oficial do Estado do Piauí, em 19 de outubro do corrente ano, especificando em 70 páginas , a contratação para o desfrute do governador do Estado do Piauí,  bem como de sua família em tempo integral, de um jatinho biturbinado com capacidade para sete passageiros e de um helicóptero com capacidade para acomodar 4 passageiros. 

Preço dos confortos familiares do governador e de sua familia; R$ 26.277,681,48 ( vinte e seis milhões,  duzentos e setenta e sete mil , seiscentos e oitenta e hum reais e quarenta e oito centavos, anualmente, acrescidos de R$ 187.400,52( cento e oitenta e sete mil quatrocentos reais e cinquenta e dois centavos) para pagamento de pernoites do jatinho turbinado nos hangares daqui de Teresina e Brasil afora, como também o desembolso de R$ 104,724,96( cento e quatro mil, setecentos e vinte e quatro reais e noventa e seis centavos) relativos aos pernoites do helicóptero. 

Somando as três importâncias acima especificadas, o contribuinte piauiense desembolsará anualmente R$ 26, 569,805,00 ou seja R$ 2.214,150,42( dois milhões, duzentos e quatorze mil, cento e cinquenta reais e quarenta e dois centavos, todos os meses, para sustentar os confortos do governador do Estado do Piauí e de seus familiares.

Enquanto isso, se pensarmos na situação caótica em que se encontra todos os setores da administração pública Estadual , com fornecedores e prestadores de serviços ao Estado do Piauí, há meses sem receber um níquel dos cofres do Estado, uma notícia como essa da contratação de aeronaves para deleite do governador e familiares, representa um verdadeiro acinte à essa gente espezinhada piauiense, ou melhor, um tremendo tapa na cara de todos nós.

É isso.

"Registro de preço para contratação de empresa especializada na prestação dos serviços de locação de aeronaves, por km/voo e por hora/voo, com disponibilidade do piloto, destinada a atender às necessidades de transporte aos órgãos do governo do estado do Piauí,  por ocasião da execução de atividades executivas oficiais que exijam procedimentos céleres em viagens no território estadual e no nacional, conforme especificações constantes no termo de referência-anexo l.

Traduzindo para a patuleia piauiense, escorchada que é, na maior carga tributária do Brasil.

O que foi acima, é o objeto de um pregão eletrônico publicado no Diário Oficial do Estado do Piauí, em 19 de outubro do corrente ano, especificando em 70 páginas , a contratação para o desfrute do governador do Estado do Piauí,  bem como de sua família em tempo integral, de um jatinho biturbinado com capacidade para sete passageiros e de um helicóptero com capacidade para acomodar 4 passageiros. 

Preço dos confortos familiares do governador e de sua familia; R$ 26.277,681,48 ( vinte e seis milhões,  duzentos e setenta e sete mil , seiscentos e oitenta e hum reais e quarenta e oito centavos, anualmente, acrescidos de R$ 187.400,52( cento e oitenta e sete mil quatrocentos reais e cinquenta e dois centavos) para pagamento de pernoites do jatinho turbinado nos hangares daqui de Teresina e Brasil afora, como também o desembolso de R$ 104,724,96( cento e quatro mil, setecentos e vinte e quatro reais e noventa e seis centavos) relativos aos pernoites do helicóptero. 

Somando as três importâncias acima especificadas, o contribuinte piauiense desembolsará anualmente R$ 26, 569,805,00 ou seja R$ 2.214,150,42( dois milhões, duzentos e quatorze mil, cento e cinquenta reais e quarenta e dois centavos, todos os meses, para sustentar os confortos do governador do Estado do Piauí e de seus familiares.

Enquanto isso, se pensarmos na situação caótica em que se encontra todos os setores da administração pública Estadual , com fornecedores e prestadores de serviços ao Estado do Piauí, há meses sem receber um níquel dos cofres do Estado, uma notícia como essa da contratação de aeronaves para deleite do governador e familiares, representa um verdadeiro acinte à essa gente espezinhada piauiense, ou melhor, um tremendo tapa na cara de todos nós.

É isso.

Candidaturas avulsas, a reforma A retaliação da CEPISA