1. Editorias
  2. AZ nas Eleições
  3. Fábio Abreu, o candidato que encolheu
Publicidade

Fábio Abreu, o candidato que encolheu

Candidato do PL terminou a eleição em quinto lugar

Um ex-capitão de forças especiais da Polícia Militar do Piauí, era um supro de renovação na bancada federal do Piauí. Logo ele se amoldou à política partidária e virou secretário de Segurança. Quatro anos depois se reelegeu deputado e, mais uma vez, ocupou como um feudo a área de segurança.

Fabio Abreu, o candidato que encolheu (Foto: Vitória Pilar / Portal AZ)

O trabalho como secretário e os dois mandatos de deputado, com grande votação em Teresina, pareciam credenciá-lo como candidato a prefeito de Teresina. Ele começou a campanha em segundo lugar e chegou a dizer que disputaria o segundo turno com dr. Pessoa – já que durante maior parte da campanha aparecia em terceiro lugar até a uma distância curta do segundo colocado, Kleber Montezuma. As urnas mostraram que o capitão não analisou bem o cenário e foi derrotado de modo acachapante.

Fabio Abreu termina a eleição em quinto lugar, atrás de outro Fabio, o Novo, candidato do PT, e da estreante Gessy Fonseca, que nenhuma pesquisa capturou como a terceira colocada, com um desempenho para além de surpreendente.

Um ex-capitão de forças especiais da Polícia Militar do Piauí, era um supro de renovação na bancada federal do Piauí. Logo ele se amoldou à política partidária e virou secretário de Segurança. Quatro anos depois se reelegeu deputado e, mais uma vez, ocupou como um feudo a área de segurança.

Fabio Abreu, o candidato que encolheu (Foto: Vitória Pilar / Portal AZ)

O trabalho como secretário e os dois mandatos de deputado, com grande votação em Teresina, pareciam credenciá-lo como candidato a prefeito de Teresina. Ele começou a campanha em segundo lugar e chegou a dizer que disputaria o segundo turno com dr. Pessoa – já que durante maior parte da campanha aparecia em terceiro lugar até a uma distância curta do segundo colocado, Kleber Montezuma. As urnas mostraram que o capitão não analisou bem o cenário e foi derrotado de modo acachapante.

Fabio Abreu termina a eleição em quinto lugar, atrás de outro Fabio, o Novo, candidato do PT, e da estreante Gessy Fonseca, que nenhuma pesquisa capturou como a terceira colocada, com um desempenho para além de surpreendente.