1. Editorias
  2. Clima&Tempo
  3. Veja dicas de como economizar energia elétrica no período do B-R-O-Bró
Publicidade

Veja dicas de como economizar energia elétrica no período do B-R-O-Bró

Piauiense precisa redobrar as atenções para seus hábitos de consumos de energia

Quem conhece o Piauí, sabe que no período de setembro a dezembro, chega a época mais quente do ano e o calor aumenta de forma considerável. Esse período é conhecido como o B-R-O-Bró, junção das terminações dos meses, que chegam a ter temperaturas média de 35º a 38º e em muitas regiões do Estado.

Segundo dados do site Climatempo e Weatherspark, a média nos últimos 30 anos para temperatura máxima é de 36ºC nos meses de setembro e outubro, considerado para muitos, os meses mais quentes, chegando a temperatura dos 37º/38º Celsius.

Trecho da Avenida Raul Lopes em Teresina (Foto: Wanderson Camêlo/Portal AZ)

Além das altas temperaturas, há também poucas chuvas nesses meses e os níveis de umidade podendo chegar e variando entre 10% e 30%, muito abaixo dos 60%, nível considerado saudável pela Organização Mundial da Saúde(OMS).

E para suportar o calor, a baixa umidade e falta de chuvas durante esse período, o piauiense precisa redobrar as atenções para seus hábitos de consumos de energia, buscando equilíbrio no uso dos equipamentos e seguir algumas dicas para que a conta de energia nestes meses tão quentes, não surpreenda o orçamento da família.

É recorrente e esperado que o consumo de energia aumente durante essa época. Segundo dados levantados pelo histórico de consumo dos anos anteriores, o consumo de energia no período do B-R-O-Bró (de setembro a dezembro) representou aproximadamente 36% do consumo total de energia do ano de 2018. O consumo de energia durante esse período costuma aumentar de 6% a 12% para o consumidor, de acordo com o eletrotécnico da Equatorial Piauí Gilvan Monteiro.

A Equatorial sabendo do aumento da demanda durante esse período,  intensificou as ações de manutenções preventivas, supervisão 24h por dia e 7 dias na semana, além dos investimentos na capital e interior. Buscando melhorar o fornecimento de energia, para atender a demanda dos piauienses nesses meses tão quentes’’, esclarece Bernard Gouveia, Gerente de Operações da Equatorial Piauí, destacando o trabalho da Equatorial nesse período de aumento da demanda.

A principal dica é evitar as situações de desperdícios e não deixar equipamentos ligados, sem que alguém esteja utilizando. Aparelhos como ar-condicionado, geladeiras, lavadoras de roupas, equipamentos ligados em modo de espera ou celulares carregando por mais tempo que o essencial podem ser grandes vilões para quem quer manter uma fatura dentro do orçamento da família. Abaixo, separamos algumas dicas para que a população não sofra tanto com calor e garanta um consumo eficiente e mais barato. Confira:

Dicas de economia durante o Bró-ó-Bró 

Optem a utilização de ventiladores ao invés do ar-condicionado.
Caso utilizem ar-condicionado, tentar utiliza e programar com ‘’timer’’ para evitar o uso contínuo durante todo um turno
Desligar o ‘’stand-by’’ ou modo de espera de equipamentos, retirando-os da tomada quando não estiverem em uso.
Reduzir tempo de banho em chuveiro elétrico.
Evitar abrir a geladeira, fazer manutenção das borrachas de vedação da porta e optar pela utilização de garrafa térmica para beber água
Acumular maior quantidade de roupas e passa-las de uma só vez, evitando ligar e desligar o ferro de passar.
Não deixar celulares, câmeras, notebooks e outros equipamentos ‘’dormirem’’ carregando.
Troque suas lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas LED, que são mais econômicas e tem maior vida útil

Quem conhece o Piauí, sabe que no período de setembro a dezembro, chega a época mais quente do ano e o calor aumenta de forma considerável. Esse período é conhecido como o B-R-O-Bró, junção das terminações dos meses, que chegam a ter temperaturas média de 35º a 38º e em muitas regiões do Estado.

Segundo dados do site Climatempo e Weatherspark, a média nos últimos 30 anos para temperatura máxima é de 36ºC nos meses de setembro e outubro, considerado para muitos, os meses mais quentes, chegando a temperatura dos 37º/38º Celsius.

Trecho da Avenida Raul Lopes em Teresina (Foto: Wanderson Camêlo/Portal AZ)

Além das altas temperaturas, há também poucas chuvas nesses meses e os níveis de umidade podendo chegar e variando entre 10% e 30%, muito abaixo dos 60%, nível considerado saudável pela Organização Mundial da Saúde(OMS).

E para suportar o calor, a baixa umidade e falta de chuvas durante esse período, o piauiense precisa redobrar as atenções para seus hábitos de consumos de energia, buscando equilíbrio no uso dos equipamentos e seguir algumas dicas para que a conta de energia nestes meses tão quentes, não surpreenda o orçamento da família.

É recorrente e esperado que o consumo de energia aumente durante essa época. Segundo dados levantados pelo histórico de consumo dos anos anteriores, o consumo de energia no período do B-R-O-Bró (de setembro a dezembro) representou aproximadamente 36% do consumo total de energia do ano de 2018. O consumo de energia durante esse período costuma aumentar de 6% a 12% para o consumidor, de acordo com o eletrotécnico da Equatorial Piauí Gilvan Monteiro.

A Equatorial sabendo do aumento da demanda durante esse período,  intensificou as ações de manutenções preventivas, supervisão 24h por dia e 7 dias na semana, além dos investimentos na capital e interior. Buscando melhorar o fornecimento de energia, para atender a demanda dos piauienses nesses meses tão quentes’’, esclarece Bernard Gouveia, Gerente de Operações da Equatorial Piauí, destacando o trabalho da Equatorial nesse período de aumento da demanda.

A principal dica é evitar as situações de desperdícios e não deixar equipamentos ligados, sem que alguém esteja utilizando. Aparelhos como ar-condicionado, geladeiras, lavadoras de roupas, equipamentos ligados em modo de espera ou celulares carregando por mais tempo que o essencial podem ser grandes vilões para quem quer manter uma fatura dentro do orçamento da família. Abaixo, separamos algumas dicas para que a população não sofra tanto com calor e garanta um consumo eficiente e mais barato. Confira:

Dicas de economia durante o Bró-ó-Bró 

Optem a utilização de ventiladores ao invés do ar-condicionado.
Caso utilizem ar-condicionado, tentar utiliza e programar com ‘’timer’’ para evitar o uso contínuo durante todo um turno
Desligar o ‘’stand-by’’ ou modo de espera de equipamentos, retirando-os da tomada quando não estiverem em uso.
Reduzir tempo de banho em chuveiro elétrico.
Evitar abrir a geladeira, fazer manutenção das borrachas de vedação da porta e optar pela utilização de garrafa térmica para beber água
Acumular maior quantidade de roupas e passa-las de uma só vez, evitando ligar e desligar o ferro de passar.
Não deixar celulares, câmeras, notebooks e outros equipamentos ‘’dormirem’’ carregando.
Troque suas lâmpadas incandescentes e fluorescentes por lâmpadas LED, que são mais econômicas e tem maior vida útil