1. Editorias
  2. Economia
  3. Prefeito Firmino Filho anuncia retomada das atividades econômicas em Teresina; assista!
Publicidade

Prefeito Firmino Filho anuncia retomada das atividades econômicas em Teresina; assista!

Segundo o gestor, a capital passará por medidas mais rígidas nos próximos dias

O prefeito Firmino Filho (PSDB) anunciou no final da tarde desta quinta-feira (25) que a retomada das atividades econômicas em Teresina iniciará a partir do dia 6 de julho, de forma gradual por meio de fases. Segundo o gestor, a decisão da reabertura ocorreu depois de uma reunião com representantes do estado. 

Prefeito Firmino Filho anuncia retomada das atividades econômicas em Teresina (Foto: reprodução)

Até o dia 06, Teresina passará por medidas mais rígidas de isolamento social, dentre elas, um lockdown parcial na sexta (26), sábado (27) e domingo (28), e, também, na próxima quinta-feira (2), sexta-feira (3), sábado (4) e domingo (5) com fechamento de alguns serviços essenciais. O decreto foi estabelecido pelo governador Wellington Dias. 

Firmino Filho afirmou que Teresina não poderá cometer o erro de outras capitais que retomaram as atividades sem respeitar as regras de distanciamento social. O prefeito relatou que a diminuição do número de casos e óbitos por covid-19 será decisivo para reabertura das atividades econômicas.

"Teremos sete dias de fortes restrições na cidade de Teresina, três dias nessa semana e quatro na próxima. Encaramos essa proposta como pacto pela cidade e não podemos falhar. Diminuir o número de novos casos, hospitalizações e de óbitos pela covid-19 agora será decisivo. Não podemos cometer o erro que outras capitais brasileiras cometeram, reabrindo sem todas as condições e retornando ao isolamento. Já sabemos que vamos precisar conviver com o coronavírus durante um bom tempo, assim é necessário uma estratégia que torne essa convivência, menos sacrificante possível”, explicou.

Ainda segundo o prefeito, Teresina cumpriu vários critérios necessários para o início da abertura gradual. "Também estamos vendo indícios que a transmissão do vírus está desacelerando na cidade, chegou a hora do esforço final. Vamos reforçar o isolamento social nessa reta final, com essa intensificação para poder recomeçar o nosso processo de reabertura no dia 6 de julho”, afirmou.

Entenda o caso

Com o objetivo de conter o avanço do coronavírus, o governador Wellington Dias (PT) anunciou na tarde desta quinta-feira (25), adoção de lockdown parcial nos próximos dias no Piauí. O chefe do executivo estadual descartou um bloqueio total das atividades, que havia sido proposto pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho. As medidas mais rígidas serão válidas a partir de sexta (26), sábado (27) e domingo (28), e, também, na próxima quinta-feira (2), sexta-feira (3), sábado (4) e domingo (5) com fechamento de alguns serviços essenciais. 

Governador Wellington Dias anuncia novas medidas (Foto: reprodução Youtube)

Segundo Wellington Dias, as novas medidas irão possibilitar seguir com o cronograma de reabertura das atividades econômicas, a partir do dia 6 de julho. A partir disso, a cada 15 dias, será feita a liberação de setores determinadas no Pacto Pro Piauí.

“Alcançando os objetivos com os esforços de todos no dia 6 de julho nós teremos a primeira etapa das liberações citadas. Também anunciar que a cada 15 dias teremos as outras etapas. Permitindo que possamos chegar, no mês de agosto, com a área da educação como a última dessa liberação”, explicou.

Matéria relacionada:

Wellington Dias decreta lockdown parcial e anuncia retomada das atividades para 6 de julho no Piauí    

O prefeito Firmino Filho (PSDB) anunciou no final da tarde desta quinta-feira (25) que a retomada das atividades econômicas em Teresina iniciará a partir do dia 6 de julho, de forma gradual por meio de fases. Segundo o gestor, a decisão da reabertura ocorreu depois de uma reunião com representantes do estado. 

Prefeito Firmino Filho anuncia retomada das atividades econômicas em Teresina (Foto: reprodução)

Até o dia 06, Teresina passará por medidas mais rígidas de isolamento social, dentre elas, um lockdown parcial na sexta (26), sábado (27) e domingo (28), e, também, na próxima quinta-feira (2), sexta-feira (3), sábado (4) e domingo (5) com fechamento de alguns serviços essenciais. O decreto foi estabelecido pelo governador Wellington Dias. 

Firmino Filho afirmou que Teresina não poderá cometer o erro de outras capitais que retomaram as atividades sem respeitar as regras de distanciamento social. O prefeito relatou que a diminuição do número de casos e óbitos por covid-19 será decisivo para reabertura das atividades econômicas.

"Teremos sete dias de fortes restrições na cidade de Teresina, três dias nessa semana e quatro na próxima. Encaramos essa proposta como pacto pela cidade e não podemos falhar. Diminuir o número de novos casos, hospitalizações e de óbitos pela covid-19 agora será decisivo. Não podemos cometer o erro que outras capitais brasileiras cometeram, reabrindo sem todas as condições e retornando ao isolamento. Já sabemos que vamos precisar conviver com o coronavírus durante um bom tempo, assim é necessário uma estratégia que torne essa convivência, menos sacrificante possível”, explicou.

Ainda segundo o prefeito, Teresina cumpriu vários critérios necessários para o início da abertura gradual. "Também estamos vendo indícios que a transmissão do vírus está desacelerando na cidade, chegou a hora do esforço final. Vamos reforçar o isolamento social nessa reta final, com essa intensificação para poder recomeçar o nosso processo de reabertura no dia 6 de julho”, afirmou.

Entenda o caso

Com o objetivo de conter o avanço do coronavírus, o governador Wellington Dias (PT) anunciou na tarde desta quinta-feira (25), adoção de lockdown parcial nos próximos dias no Piauí. O chefe do executivo estadual descartou um bloqueio total das atividades, que havia sido proposto pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho. As medidas mais rígidas serão válidas a partir de sexta (26), sábado (27) e domingo (28), e, também, na próxima quinta-feira (2), sexta-feira (3), sábado (4) e domingo (5) com fechamento de alguns serviços essenciais. 

Governador Wellington Dias anuncia novas medidas (Foto: reprodução Youtube)

Segundo Wellington Dias, as novas medidas irão possibilitar seguir com o cronograma de reabertura das atividades econômicas, a partir do dia 6 de julho. A partir disso, a cada 15 dias, será feita a liberação de setores determinadas no Pacto Pro Piauí.

“Alcançando os objetivos com os esforços de todos no dia 6 de julho nós teremos a primeira etapa das liberações citadas. Também anunciar que a cada 15 dias teremos as outras etapas. Permitindo que possamos chegar, no mês de agosto, com a área da educação como a última dessa liberação”, explicou.

Matéria relacionada:

Wellington Dias decreta lockdown parcial e anuncia retomada das atividades para 6 de julho no Piauí