Diretoria do Corinthians admite sondagem a Tardelli e nega Kardec

Cúpula do Timão corre para contratar um atacante; veja como está a busca por reforços

Acada dia que passa a preocupação da diretoria do Corinthians aumenta. O clube segue em busca de um reforço para o ataque, mas enfrenta dificuldades. A cúpula alvinegra aponta falta de opções disponíveis e vê o mercado inflacionado.

Diego Tardelli tem contrato com o Shandong Luneng até janeiro de 2019 (Foto: Reprodução / Sina.com)
Diego Tardelli tem contrato com o Shandong Luneng até janeiro de 2019 (Foto: Reprodução / Sina.com)

Nesta sexta-feira, o gerente de futebol do Timão, Alessandro Nunes, e o diretor Duílio Monteiro Alves conversaram com jornalistas no CT Joaquim Grava e comentaram sobre esta procura.

Um dos assuntos na pauta foi o interesse em Diego Tardelli. Os cartolas confirmaram que buscaram informações sobre o jogador, que tem contrato até janeiro de 2019 com o Shandong Luneng, da China, mas apontaram o alto salário dele como o principal entrave. Alessandro e Duílio fizeram elogios ao atleta, mas negaram qualquer reunião com o empresário dele, Giuliano Bertolucci.

A intenção do Corinthians é fechar o elenco antes da estreia do clube na Copa Libertadores, dia 28 de fevereiro, mas a diretoria admite que isso está cada vez mais difícil. O clube tem até o dia 25 para enviar a lista de inscritos para a primeira rodada à Conmebol.

Alessandro e Duílio reforçaram que não farão loucuras na busca por um camisa 9. Em entrevista à "ESPN Brasil", o diretor ainda respondeu sobre Paolo Guerrero, do Flamengo, e Alan Kardec, que está no Chongqing Lifan, da China.

– No caso do Kardec não, o Corinthians nunca teve contato com ele, não foi falado o nome. No caso do Guerreiro, é mesma coisa, ele tem contrato com o Flamengo, existe uma punição, não sei quando ele pode voltar ao futebol. (Não há interesse) Mesmo porque a gente está trabalhando para que consiga reforçar o grupo o quanto antes – declarou Duílio.

Mais lidas nesse momento