Dono de casa que desabou no centro de Teresina irá retirar o telhado e recuperar imóvel

O telhado foi detectado como causa do desabamento

O proprietário do casarão que desabou no inicio do mês no centro de Teresina fará a recuperação do imóvel. O Ministério Público determinou que realize a retirada imediata do telhado, que foi detectado como causa do desabamento, e realize a recuperação da parte remanescente do imóvel.

Segundo José João Braga, superintendente da SDU Centro/Norte, a Construtora União, proprietária do imóvel, realizará planejamento e marcará data para a retirada de todo o telhado do casarão, que deverá ser acompanhado por técnicos da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC) e da SDU Centro/Norte.

“Uma vez que ainda existe o risco de ocorrer algum desabamento, por conta do peso do telhado e de algumas fissuras na estrutura que ainda possam ser encontradas, ocorre a necessidade de acompanhamento por técnicos da Prefeitura”, explica o superintendente.

 Além da retirada imediata do telhado, o proprietário do imóvel deverá fazer a recuperação de toda a estrutura remanescente do prédio, por se tratar de bem que compõe o acervo histórico e cultural de Teresina. O proprietário ainda comprometeu-se a apresentar projeto de recuperação à FMCMC no prazo de cinco dias.

 A promotora Denise Aguiar estipulou à FMCMC prazo de 30 dias para a elaboração de parecer relativo ao projeto de recuperação da estrutura do imóvel encaminhado pelo proprietário. Após a elaboração do projeto, a Promotoria deverá designar data para a realização de nova audiência com representantes da Prefeitura de Teresina, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (CREA-PI) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-PI), para formar uma equipe de peritos para vistoria de prédios de valor histórico e cultural de Teresina.

Entenda o caso

Uma casa abandonada desabou no último dia 11, no centro de Teresina. A residência, localizada na Rua Areolino de Abreu, ficu parcialmente destruída. Parte da sua estrutura caiu por cima de dois carros que passavam pelo local. 

O trânsito foi interrompido por conta da necessidade de isolamento da área e a Eletrobras Piauí foi acionada para desligarem a rede elétrica do local. Fios de alta tensão foram quebrados com o desmoronamento.

 

Mais lidas nesse momento