Sindicato dos Médicos do Piauí denuncia condições precárias em unidades de saúde

Condições insalubres afetam atendimento médico em unidades de saúde de Teresina

Por Renato Ricarte,

 O Sindicato dos Médicos do Piauí (SIMEPI) utilizou suas redes sociais para denunciar a situação alarmante das unidades básicas de saúde nos bairros Piçarreira e Satélite que ficam na zona leste de Teresina. As condições já precárias dessas unidades de saúde municipais foram exacerbadas durante o período de chuvas, com relatos de goteiras, infiltrações e mofo nos consultórios, gerando transtornos tanto para os médicos quanto para os pacientes.

Foto: ReproduçãoUBS Piçarreira
UBS Piçarreira

"O prefeito de Teresina tenta enganar a população com a política do pão e circo gastando milhares com o carnaval para iludir as pessoas. Já encaminhamos para o Ministério Público do Piauí como também a interdição do local para o Conselho Regional de Medicina", afirmou Dr. Samuel Rêgo, Presidente do Sindicato.


A denúncia do SIMEPI evidencia uma realidade preocupante, onde a falta de infraestrutura adequada nas unidades de saúde compromete o atendimento e a qualidade dos serviços prestados à população. Diante disso, espera-se que as autoridades responsáveis tomem medidas urgentes para resolver esses problemas e garantir condições dignas de trabalho para os profissionais da saúde e acesso de qualidade aos cidadãos que necessitam dos serviços oferecidos nas unidades básicas de saúde.

Fonte: Portal AZ

Comente

Pequisar